Google+ Followers

Pesquisar neste blog

quinta-feira, 31 de março de 2016

A dica de filme desta semana é...

...A Profecia Celestina

Um filme que nos faz refletir numa fantástica jornada ao mundo invisível da energia.




Olhe não apenas com a mente. Olhe com a alma. A vida que está chegando já está diante de nós, esperando o mundo abrir. Apenas olhe mais de perto. Encontre os olhos para ver.”
― James Redfield (autor)


 Filme legendado





1º MASSA CRÍTICA

"A Primeira Visão é a visão do despertar. Contemplamos nossa vida e percebemos que existem mais coisas acontecendo do que imaginávamos. Além das nossas rotinas e desafios do dia-a-dia, podemos detectar a influência do elemento divino: "coincidências significativas" que parecem estar nos enviando mensagens e nos conduzindo a uma direção particular. No início apenas vislumbramos essas coincidências enquanto passamos rapidamente por elas, praticamente sem notá-las. Finalmente, porém, começamos a diminuir a velocidade e examinar mais de perto esses eventos. Receptivos e alertas, somos mais capazes de detectar o evento sincronístico seguinte.

2º O AGORA MAIS LONGO

"A Segunda Visão é a consciência de que nossa percepção das misteriosas coincidências da vida  é uma ocorrência histórica significativa. Depois do colapso da visão de mundo medieval, perdemos a segurança oriunda da maneira como a Igreja explicava o universo. Por conseguinte, há quinhentos anos atrás, decidimos coletivamente nos concentrarmos em dominar a natureza, em usar nossa ciência e tecnologia para nos acomodarmos no mundo. Pusemo-nos então a criar uma segurança secular destinada a substituir a certeza espiritual que perdêramos. Para nos sentirmos mais seguros, sistematicamente afastamos e negamos os aspectos misteriosos de vida no planeta. Fabricamos a ilusão de que vivíamos num universo totalmente explicável e previsível, no qual eventos acidentais não tinham nenhum significa.

3º UMA QUESTÃO DE ENERGIA

"A Terceira Visão descreve nossa visão do universo como energia dinâmica. Ao contemplarmos o mundo que nos cerca, não mais podemos pensar que tudo é composto de substância material. A partir das inúmeras descobertas da física moderna e da crescente síntese com a sabedoria do oriente, estamos começando a perceber o universo como um vasto campo de energia, um mundo quântico no qual todos os fenômenos estão interligados e respondem uns aos outros. A partir da sabedoria do pensamento oriental, sabemos que temos acesso a essa energia universal. Podemos projetá-la para fora com nossos pensamentos e intenções, influenciando nossa realidade e a realidade dos outros."

4º A LUTA PELO PODER

 "A Quarta Visão é a consciência de que os seres humanos com frequência rompem sua ligação interior com essa energia mística. Em decorrência disso, temos tido a tendência de nos sentirmos fracos e inseguros, e com frequência procuramos nos reerguer sugando a energia de outros seres humanos. Fazemos isso tentando manipular ou dominar a atenção dos outros. Quando conseguimos conquistar à força a atenção de uma pessoa, somos impulsionados pela energia dela, o que nos torna mais fortes mas enfraquece a outra pessoa. Com frequência os outros se rebelam contra essa usurpação da sua força, gerando uma luta pelo poder. Todos os conflitos do mundo têm origem nessa luta pela energia humana."

5º A MENSAGEM DOS MÍSTICOS

 "A Quinta Visão é a experiência da ligação interior com a energia divina. Ao explorar e seguir nossa divindade interior, podemos estabelecer um contato pessoal com um tipo de experiência chamada mística. Em nossa busca deste estado alterado, distinguimos entre a descrição intelectual desta consciência e a consciência em si. Sob este aspecto, aplicamos certas medidas experimentais que indicam que estamos em conexão com esta energia espiritual. Por exemplo, sentimos o corpo leve? Sentimos uma leveza nos pés? Experimentamos uma intensificação da percepção como cores, aromas, sabores, sons e um senso de beleza mais vívidos? É esta conexão com a energia total que resolve todos os conflitos. Não mais precisamos da energia dos outros."

6º ESCLARECENDO O PASSADO

"Quanto mais permanecemos ligados, mais tomamos consciência dos momentos em que perdemos a ligação, geralmente quando estamos sob tensão. Nestes momentos, podemos perceber nossa maneira particular de roubar energia dos outros. Tão logo nos tornamos conscientes das nossas manipulações, nossa ligação torna-se mais constante e podemos então descobrir nosso caminho de crescimento na vida, bem como nossa missão espiritual, o modo pessoal pelo qual podemos contribuir para o mundo."

7º ENTRANDO NA CORRENTE

"A Sétima Visão é a conscientização de que as coincidências têm nos conduzido o tempo todo à realização da nossa missão e à busca da nossa questão vital básica. Dia a dia, contudo, nosso crescimento se dá através do entendimento e do acompanhamento das questões menos importantes que se originam nas nossas metas mais amplas. As respostas sincronísticas são oriundas de muitas fontes: dos sonhos, devaneios, pensamentos intuitivos, e, com maior frequência, de outras pessoas que se sentem inspiradas a nos trazer uma mensagem."

8º CONSCIÊNCIA

A Oitava Visão é a consciência de que a maior parte das sincronicidades têm lugar através das mensagens que nos são trazidas por outras pessoas e que uma nova ética espiritual em relação aos outros estimula essa sincronicidade. Se não competirmos energeticamente com as outras pessoas, e permanecermos ligados a energia mística interior, podemos elevar a vibração dos outros coma nossa energia, focalizando a beleza em cada rosto, enxergando o gênio superior de cada indivíduo com quem entramos em contato. A energia que transmitimos ao eu superior conduz a outra pessoa a uma consciência mais plena de quem ela é e do que está fazendo, aumentando a possibilidade de que uma mensagem sincronística possa ser comunicada. Elevar as vibrações dos outros é especialmente importantes quando interagirmos com um grupo, uma vez que toda a energia do grupo penetra naqueles que se vejam intuitivamente estimulados a falar.

9º A CULTURA EMERGENTE

A Nona Visão é a consciência de como a evolução se dará se vivermos as outras oito visões. À medida que a sincronicidade aumenta, somos elevados a níveis cada vez mais altos de vibração de energia. Além disso, à medida que formos conduzindo à nossa verdadeira missão, mudaremos de profissão, vocação ou criaremos nosso próprio negócio para podermos trabalhar no campo que mais nos inspirar. Para muitos, este trabalho será automatizar a produção de bens e serviços básicos: alimentos (além de produzirmos a nível individual), abrigo, vestuário, meio de transporte, acesso aos meios de comunicação e recreação. Esta automação será sancionada porque a maioria de nós não mais concentrará na indústria nossa vida de trabalho. Não haverá abuso no acesso desses bens porque todos estaremos sincronisticamente seguindo nosso caminho de crescimento e consumiremos apenas o necessário. 




....................:~*/|\*~:.................... ....................:~*/|\*~:.................... ....................:~*/|\*~:....................


Como a energia nos conecta? Nassim Haramein (legendado)




.

segunda-feira, 14 de março de 2016

Novas Revelações Maias - de 2012 em diante

Imagem: pixabay

 Este vídeo havia desaparecido do Youtube... mas o CEPUA conseguiu copiá-lo no final de 2011 e colocá-lo no canal, mas ele ficou bloqueado até então. Agora ele foi postado novamente e está ativo.

Segue...




Aproveite e conheça: 
www.domingododespertar.com.br

quarta-feira, 9 de março de 2016

Um pensamento sobre viver na sociedade


"Em todo homen adulto esconde-se
uma criança louca para brincar"
Friedrich Nietzsch 

  
Pixabay

 
~~ Um pensamento ~~

A educação que muitas crianças tiveram (e têm), ao crescer, traz consigo uma grande decepção. A forma como são criadas e condicionadas não condiz com a realidade e a responsabilidade de quando elas se tornam independentes (ou tentam).

Nisso há dois extremos: a educação familiar e a adestração escolar.

Na educação familiar, elas aprendem a brincar, criar, pintar e também a manifestar sua liberdade criativa sem medo de errar. Já na adestração escolar, toda essa liberdade, magia e pureza é 'tirada' para que se forme, então, um servidor (escravo), programado para executar algumas das atividades impostas pelo Sistema, sustentando a indústria do consumo.

O mundo não é como nos ensinaram na infância e esses extremos formam um conflito que a maioria leva (e levará) por toda a vida.

...e ainda achava que quando eu crescesse poderia continuar pintando o mundo com lápis de cor.
 
Pixabay

O mundo não aceita mais que 12 tons, inclusive, não se pode mais ser uma criança adulta, nem brincar e nem pintar com lápis de 36 cores. Toda essa história que foi ensinada para as crianças não tem mais uso ou valor, já que os únicos valores que existem, quando elas crescem, são os daqueles pequenos pedaços de papel com cores mortas e com alguns números, a que 'todos' reverenciam. A fim de obtê-los, se sacrificam e, muitas vezes, trapaceiam para acumular meras cópias sem arte, vida ou beleza.

A beleza da arte está caindo no esquecimento. A sobrevivência tornou-se “arte” para driblar a fome, a crueldade e a ganância. Mas a arte da vida ainda pode ser restaurada dentro de cada um de nós, resgatando a magia da nossa criança interior.
 
Pixabay

Viva a arte! Viva a liberdade de criar! Viva a vida!

Ainda há a ação de esperar para que isso tudo possa mudar. E as crianças (incluindo as adultas) retornarão ao seu devido lugar. Quando esse dia chegar, será uma imensa alegria pintar, brincar e plantar!

Fábio Ibrahim El Khoury
03/03/2016

Quando você é criança, te ensinam como tudo é bonito, fácil e colorido. Quando você cresce, te adestram negando a beleza da arte em nossa vida, formatando-nos a viver num mundo preto e branco.


Pixabay
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vídeos

Loading...