Google+ Followers

Pesquisar neste blog

terça-feira, 31 de maio de 2016

Conexão - O Abraço da Serpente


Saudações!

Desejo que cada vez estejam mais despertos.

Sei que estou ausente por esse meio, mas hoje quero sugerir um filme (de novo?) que tocou meu coração, minha alma, a essência do meu espírito imortal.

O filme se chama  O Abraço da Serpente

Não vou dizer aqui que o filme é belo por seus efeitos especiais. Não, nem tem!
Para melhor compreensão é necessário a total atenção do telespectador. 

É um filme calmo, inteligente e ancestral.
O filme deve estimular sua percepção, pois sendo assim, compreenderá sua proposta, da qual você fará (faz) parte.
 

Assista em silêncio, não permita ser incomodado durante o precioso tempo desta obra.
O filme é em preto e branco... cheio de vida, objetivo e conexão.
É esplêndido!

Ainda estou refletindo sobre o conteúdo dele. 

 
Meu comentário se da pela minha percepção, insight que seja. Talvez alguém não compreenda o que escrevo, mas desejo que ao assisti-lo você consiga avançar além do básico da proposta cinematográfica que me tirou suspiros, leves lágrimas, e que até mesmo fez minha alma estar presente nesse espetáculo.

Tenho certeza que esse filme chegou "sem querer" em excelente hora. Momento este que entro no 40º aniversário com novas visões (percepções) de uma realidade simplória que sempre esteve diante de nós, mas que merece muito mais atenção, e, acima de tudo, respeito.
 

Nós, que vivemos em sociedade, chamado de "povo civilizado", não estamos nem de longe *conectados.
Talvez não goste de ler isso, mas o papel dos indígenas (que são uma minoria da minoria) é tão fundamental e tão responsável para com a Terra e claro, conosco, que não temos nem ideia do que fazemos com TUDO em todos os níveis dessa existência - sem consciência.

*Conectados: conexão com a natureza e com o universo. Não há outra definição para isso.


Enfim, deixo abaixo alguns dados do filme e também o trailer.

Sinopse: O primeiro encontro e a primeira traição entre Karamakate, um xamã amazônico que é o último sobrevivente de sua tribo, e dois cientistas que – com quarenta anos de diferença – percorrem o rio Amazonas atrás de uma planta sagrada que possa curá-los. Baseado em diários dos primeiros exploradores a estarem na Amazônia Colombiana (Theodor Koch-Grunberg y Richard Evan Schultes).



Trailer:

Caso não consiga encontrá-lo em uma locadora, há ele em torrent com legenda em português. Opte por uma locação.



Assista!... Se julgar interessante, faça seu comentário logo abaixo em "comentários".



Conexão: tudo que precisamos!

Luz e Harmonia,

Fábio Ibrahim El Khoury
31/05/2016



PS: não temos muito para aprender. Temos TUDO!




Título no Brasil: O Abraço da Serpente
Título Original: El abrazo de la serpiente
Data de lançamento: 17 de fevereiro de 2016 (EUA)
Gênero: Aventura / Drama
Direção: Ciro Guerra
Música composta por: Nascuy Linares
Roteiro: Ciro Guerra, Jacques Toulemonde Vidal
Indicações: Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, Prêmio Independent Spirit de Melhor Filme Estrangeiro 



Karamakate, outrora um poderoso xamã da Amazônia, é o último sobrevivente de seu povo, e agora vive em isolamento voluntário nas profundezas da selva. Os anos de solidão absoluta o tornam vazio, privado de emoções e memórias. Sua vida sofre uma reviravolta quando chega ao seu esconderijo remoto Evan, um etnobotânico americano em busca da Yakruna, uma poderosa planta, capaz de ensinar a sonhar. O xamã decide acompanhar o estrangeiro em sua busca, e juntos embarcam em uma viagem ao coração da selva, onde passado, presente e futuro se confundem, fazendo-o aos poucos recuperar suas memórias. Essas lembranças trazem uma dor profunda que não libertará Karamakate até que ele transmita o conhecimento ancestral que antes parecia destinado a perder-se para sempre.



.

3 comentários:

  1. Vou ver, se você indica, é bom
    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maravilhoso. Simples, porém sincero.
      bjs

      Excluir
  2. Karamakate, outrora um poderoso xamã da Amazônia, é o último sobrevivente de seu povo, e agora vive em isolamento voluntário nas profundezas da selva. Os anos de solidão absoluta o tornam vazio, privado de emoções e memórias. Sua vida sofre uma reviravolta quando chega ao seu esconderijo remoto Evan, um etnobotânico americano em busca da Yakruna, uma poderosa planta, capaz de ensinar a sonhar. O xamã decide acompanhar o estrangeiro em sua busca, e juntos embarcam em uma viagem ao coração da selva, onde passado, presente e futuro se confundem, fazendo-o aos poucos recuperar suas memórias. Essas lembranças trazem uma dor profunda que não libertará Karamakate até que ele transmita o conhecimento ancestral que antes parecia destinado a perder-se para sempre.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vídeos

Loading...