Google+ Followers

Pesquisar neste blog

quarta-feira, 18 de maio de 2011

O PODER E A CRIAÇÃO


 O PODER E A CRIAÇÃO

“Cada momento de sua vida é infinitamente criativo e o Universo é infinitamente abundante. Basta colocar um pedido claro o bastante e tudo que seu coração deseja tem que vir para você.”
(Shakti Gawain, Escritora, 1948)

Nesses próximos capítulos você aprenderá quão fácil é aproveitar a força do amor para dinheiro, saúde, carreira, negócios e relacionamentos. Com esse conhecimento você será capaz de mudar sua vida para qualquer coisa que você quiser.
Para trazer um desejo específico para você, siga os passos simples do Processo de Criação. Seja para trazer algo que você quer ou mudar algo que você não quer, o processo é sempre o mesmo.


O Processo da Criação
Imagine. Sinta. Receba.

1. IMAGINE
Use sua mente para se focar e imaginar o que você deseja. Imagine-se com seu desejo. Imagine-se fazendo coisas com seu desejo. Imagine-se tendo seu desejo.


2. SINTA
Ao mesmo tempo, enquanto você imagina, você tem que sentir amor pelo que está imaginando. Você deve imaginar e sentir estando com seu desejo. Você deve imaginar e sentir-se fazendo coisas com seu desejo. 
Você deve imaginar e sentir-se tendo seu desejo.

Sua imaginação liga você com o que você deseja. Seu desejo e sentimentos de amor criam o magnetismo, o poder magnético, atraindo seu desejo para você. Isso completa sua parte no Processo da Criação.


3. RECEBA
A força do amor trabalhará através de forças naturais visíveis e invisíveis para lhe trazer o que você deseja. Ela usará circunstancias, eventos e pessoas para lhe dar o que você ama.

Qualquer que seja seu desejo, você deve querê-lo com todo seu coração. Desejo é amor, e a menos que você tenha abrasado o desejo em seu coração, você não terá poder o bastante para aproveitar a força do amor. Você deve realmente desejar o que quer, como um atleta que deseja praticar um esporte, um dançarino que deseja dançar ou um pintor que deseja pintar. Você deve desejar o que quer com todo seu coração porque o desejo é um sentimento de amor e você deve dar amor para receber o que ama!

O que quer que você queira em sua vida, o que quer que você queira em sua vida, o que quer que você queira em sua vida, o Processo da Criação é o mesmo. Dê amor para receber amor. Imagine.  Sinta. Receba.
Ao utilizar o Processo da Criação, imagine e sinta que você já tem o que quer, e nunca se desvie do estado de ser. Por que? Porque a lei da atração copia o que quer que você dê e, assim, você deve imaginar e sentir que tem aquilo agora!

Se você quer perder peso, então dê amor se imaginando e se sentindo com o corpo que você ama, ao invés de imaginar e sentir que está com sobrepeso todo dia. Se você quer viajar, então dê amor imaginando e sentindo que está viajando, ao invés de imaginar todo dia que você não tem o dinheiro suficiente para viajar. Se você quer aperfeiçoar-se num esporte, atuar, cantar, tocar um instrumento musical, aperfeiçoar-se num hobby ou em seu trabalho, então dê amor pelo que você quer ser, imaginando e sentindo o que quer que seu amor seja. Se você quer um casamento melhor um relacionamento melhor com qualquer um, então dê amor ao imaginar e sentir como seria ter aquele relacionamento.

“Fé é acreditar no que você não vê; e a recompensa dessa fé é ver o que você acredita.”
(Santo Agostinho de Hipona, Teólogo e Bispo, 354-430)

Quando você começa a trabalhar com o Processo da Criação, você pode querer começar atraindo algo incomum. Quando você atrair especificamente algo incomum, você não terá dúvida sobre seu poder quando receber o que desejou.
Uma jovem começou escolhendo atraindo uma flor especifica, um copo de leite branco. Ela se imaginou segurando a flor em suas mãos, cheirando a flor, e ela se sentiu tendo aquele copo de leite. Duas semanas depois ela foi jantar na casa de um amigo e no centro da mesa estava um boque de copos de leite, a mesma flor e da mesma cor que ela tinha imaginado. Ela ficou excitada ao ver as flores, mas ela não disse nada ao amigo sobre sua flor imaginada. Quando ela estava se dirigindo à porta no final da noite, a filha de seu amigo, espontaneamente, tirou um copo de leite branco do vaso e o colocou em sua mão!

"Imaginar é o princípio da criação. Nós imaginamos o que desejamos, queremos o que imaginamos e, finalmente, criamos aquilo que queremos."
(George Bernard Shaw, Premio Nobel,Dramaturgo, 1856-1950)



do livro: O Poder, de Rhonda Byrne

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vídeos

Loading...