Google+ Followers

Pesquisar neste blog

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Haiti: após tremor, prostituição vira meio de sobrevivência

Parece que tudo aquilo que "você" viu na Tv, não era verdade ou a matéria está errada?

A chegada dos E.U.A. e Brasil no após horas do ocorrido, nada mais é (era) que um jogo de interesses políticos e de manipulação, sendo que a imprensa estaria noticiando a "notícia fresquinha", então os mesmos estariam nos ouvidos "do mundo"... em destaque.

Puro Golpe, penso!



Bom, ai vai a matéria de hoje...


Majouli Feriz, 20 anos, conversa com outra prostituta em uma rua de Porto Príncipe devastada pelo tremor


Passados seis meses do terremoto que devastou o Haiti, a vida cotidiana ainda está longe de voltar ao normal. A tragédia, que se abateu sobre todos os setores da sociedade, deixou centenas de meninas e jovens órfãs que buscam na prostituição uma saída para conseguir sobreviver.

Uma adolescente que se identificou à agência AP apenas como Beti, 15 anos, afirmou que se tornou prostituta após perder toda a sua família no terremoto.

O mesmo cenário afeta dezenas de outras jovens, que se submetem a ter relações sexuais em barracos improvisados - no chão, sob pedras e em meio aos destroços de prédios destruídos pelo tremor.

De acordo com organizações de Direitos Humanos, a prostituição é um dos poucos setores que cresceu na capital Porto Príncipe após o tremor.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vídeos

Loading...