Google+ Followers

Pesquisar neste blog

quarta-feira, 23 de junho de 2010

O Arquivo Ômega - Parte 5

O Arquivo Ômega - Parte 1
O Arquivo Ômega - Parte 2
O Arquivo Ômega - Parte 3
O Arquivo Ômega - Parte 4

O Arquivo Ômega - Parte 6 - fim




PROJETOS DE CONTROLE MENTAL FORA DO ATLÂNTICO
URGENTE: Faça 30 cópias e envie para a mídia, políticos, igrejas, organizações, boletins de postagem, entregue aos cidadãos nas ruas! O tempo está correndo! Aja agora. DON -- -" DON ALLEN "-

"Uma democracia não pode ser ao mesmo tempo ignorante e livre" - THOMAS JEFFERSON

De: dona@bilver.uucp (DON ALLEN) Assunto: arquivo: UFO OUTUBRO SURPRESA - C.A.C. parte 2/2 Data: 29 de Agosto de 1992 19:39:17 GMT Organização: W. J. VERMILLION - WINTER PARK, FL LINES: 515

OS UFOS E A SURPRESA NAZISTA DE OUTUBRO
(...Mais informação vinda da conferência em ARCADIA, Califórnia na qual MICHAEL YOUNGER, um membro da unidade secreta de Inteligência Naval, da COM-12, que está tentando manter uma retaguarda de defesa da Constituição Americana, Carta de Direitos e . Declaração de Independência. - BRANTON)

Muitos destes [Nazistas] se tornaram agentes da CIA, NASA, e também NSA, e no FBI e outras agências do governo, e assim o NAZISTASHAD mais ou menos se infiltrou no governo dos EUA em muitas e muitas posições chave sensíveis...

Eles também receberam lugares e negócios em muitas corporações de propriedade dos ROCKEFELLERS, inclusive na ATLANTIC RICHFIELD. Foi por meio da ATLANTIC RICHFIELD que muitos programas de controle mental foram implementados e usados... Um dos médicos nazistas trabalhando com 300 cientistas de elite neste projeto, desenvolveu uma certa droga que pode ser usada em crianças [induzindo] dores severas e tortura, fazendo a criança desmaiar, ficar inconsciente. O doutor pode administrar ou injetar a droga e manter a criança desmaiada e então infligir grande dor indo até mesmo além da resistência humana, a qual por sua vez permite a mente da criança ficar completamente submissa, num branco total, de forma que a criança esquece a sua identidade, a identidade pessoal, esquece ate mesmo como somar ou subtrair e como manter uma conversação...

CRIANÇAS CONTROLADAS MENTALMENTE USADAS COMO ESCRAVAS SEXUAIS.
A criança precisaria ser totalmente programada, a começar por uma memória completamente em branco. Esta técnica de lavagem cerebral ou controle mental permitiu a eles que criassem qualquer tipo de pessoa que quisessem. Eles criaram muitas destas crianças para serem escravas sexuais para sua própria espécie, e estas crianças então se tornaram usadas por outros por tanto tempo quanto quisessem, a serem descartadas quando [a pessoa] ficava cansada delas ou acabassem com elas. Segundo esta fita [de MICHAEL YOUNGER], o homem responsável pela distribuição destas crianças entre os nazistas para uso sexual era LARRY KING, não o LARRY KING da televisão, mas um homem mais jovem, uma pessoa diferente que podia destroçar almas humanas e vender estas crianças para homens para propósitos sexuais, para festas ou para qualquer fim, permitindo a eles total propriedade sobre a criança, como se esta fosse um simples objeto. Os nazistas tinham a liberdade de destruírem a criança ou ficarem com ela. Muitas destas crianças foram usadas para propósitos satânicos Segunda a fita. Elas foram utilizadas em rituais satânicos nos quais, em alguns rituais, após serem esfoladas vivas e terem seu coração arrancado, a criança ainda estava viva... Este LARRY KING venderia estas crianças, faria enormes quantidades de dinheiro para vários destes propósitos, e se a criança não funcionasse, eles simplesmente se livravam dela. Em muitos casos, se eram devolvidas, eram então enviadas para o complexo de ATLANTIC RICHFIELD em NEW JERSEY e eles a ''trabalhariam'' tentando ''poupá-la'' [ reforçar um estado inconsciente de obediência automática]

COMPLEXO DE ATLANTIC RICHFIELD: CENÁRIO DE ASSASSINATOS E ENTERROS EM MASSA DE CRIANÇAS
Se isto não funcionasse, elas eram simplesmente mortas com um tiro e levadas para uma área onde tinham cavado uma cova e o BULDOZER completava o serviço.

"Os cartões de leite para crianças e o que os nazistas estão fazendo com eles" (JOSEPH MENGELE, O satânico médico de HITLER está vivo e bem). MIKE YOUNGER falou...sobre os "MILK CARTON KIDS," onde se coloca o retrato das crianças desaparecidas desta nação... muitas crianças que ali aparecem foram abduzidas pelos nazistas e [a fita] fala em particular de um programa... que é dirigido ao controle mental. JOSEPH MENGELE, o médico nazista que trabalhou estreitamente com ADOLF HITLER, não tinha morrido como se pensava...

Dr. MENGELE ainda estava trabalhando em um centro de controle mental na Flórida, que tinha por especialidade a manipulação da mente de crianças. A idéia de lidar com crianças fascinava os nazistas porque suas mentes eram facilmente controladas e mais fáceis de alterar que a de adultos. E mais, eles tinham a habilidade de controlá-las com grande facilidade, por causa de seu tamanho, e também porque podiam usa uma criança controlada mentalmente do jeito que queriam.

MIKE YOUNGER, falando sobre isto, falou como ele e seu advogado haviam se infiltrado nos grupos nazistas e tinham ido ao complexo da NEW JERSEY ATLANTIC RICHFIELD [ARCO] para um encontro com os nazistas e como naquele dia eles ouviram tiros intermitentes. (Nota: O BROOKHAVEN NATIONAL LABORATORIES que auxilia no Projeto MONTAUK também fica em NEW JERSEY, e há também um forte movimento político neo nazista ou de supremacia branca nesta área. Além disso, a companhia STANDARD-EXXON OIL que durante a SEGUNDA GUERRA MUNDIAL estabeleceu uma combinação com a companhia nazista I. G. FARBEN - que utilizava trabalho escravo - também está sediada em NEW JERSEY, que é de propriedade e amplamente controlada pela família alemã KRUPP.

Os patriotas que são nativos desta área devem manter observação sobre pistas de atividades nazistas lá, e se descobrirem sinais desta atividade devem cautelosamente investigar, documentar e então expor isto para todos verem. - BRANTON) Eles não ficaram sabendo que barulhos de tiros eram aqueles e de onde vinham até que fossem levados a um outro lugar para Ter uma visão geral da área do complexo e eles viram crianças serem seguras, forçadas a se ajoelharem na vala e então receberem um tiro na parte posterior da cabeça com pistolas de calibre 22. Depois de serem mortas 3 ou 4 serem mortas, o BULDOZER se movia um pouco, cobrindo-as de terra e então o processo recomeçava.

[MICHAEL YOUNGER], falando a um grupo de mais ou menos 200 pessoas em ARCADIA, explicou tudo isto; o advogado que o tinha acompanhado ficou tão apavorado com a história e os eventos que decidiu não falar pessoalmente, e no dia seguinte que eles tinham marcado para falar, ele não o fez, mas no lugar disto, enviou o videoteipe. Ele estavam convencido de que se aparecesse, seria morto. Este homem era judeu; e sendo um advogado judeu ele achou que se aparecesse sem dúvida seria morto. O termo "MILK CARTON KIDS" era um termo pejorativo, usado como uma piada pelos Nazistas porque eles nunca volta e era uma maneira ''divertida'' de descrever as crianças. O fato de seus retratos estarem sendo mostrados nas caixas de leite não ajudava em nada as crianças, mas os nazistas achavam que isto mostrava algum tipo de esforço à sociedade o qual vinha sendo perdido anteriormente. Eles não gostavam do fato de que se fizessem esforços para localizar as crianças, mas achavam um tipo de piada ver seus retratos sabendo perfeitamente que nunca seriam encontradas...

Durante a apresentação em ARCADIA, foi apresentado um filme no qual as forças militares da ONU eram levadas à algum lugar da África Ocidental para ''fazer a paz''... Eles encontraram várias centenas de civis e abriram fogo contra eles com fuzis e metralhadoras. E o filme mostra muito nitidamente uma mulher carregando o seu bebê. A cabeça da criança de repente explode por uma bala de calibre 0.30, como uma melancia, e uma outra bala atinge a mãe, que cai. As massas, várias centenas de mulheres e crianças, foram todos assassinados pelas tropas da ONU que tinham ido ''fazer a paz''. E eles brincavam e riam a respeito disto e como tinham completado a missão e agora iriam receber outras. O filme foi trazido de volta para ser apresentado na televisão e alertar as massas mas nenhuma estação quis apresentá-lo, e foi por isto que ele foi apresentado neste encontro e estava disponível para quem quisesse adquirir, mas não era permitido que as massas viessem a saber o que tinham feito as mercenárias tropas da ONU... E havia algumas centenas de pessoas presentes. Quando alguém perguntou se GEORGE BUSH sabia que é um alvo para assassinato em março, a resposta foi : - ele agora sabe! Ele agora sabe que tem o seu vice presidente atrás dele!

(Nota: Uma fonte tem afirmado que GEORGE BUSH era o antigo diretor de um grupo do ''governo secreto'' mais poderoso do que a CIA, que é a organização MJ-12 ou PI-40 que é uma extensão do MAJI. Quando BUSH deixou esta posição, DAN QUAYLE assumiu, e neste caso QUAYLE teria sido a um só tempo um dos indivíduos mais poderosos na secreta estrutura de poder, se esta fonte está correta. Há também relatos que o MJ-12 agora está fragmentado entre os simpatizantes pró Grey nas agências do MAJI/AQUARIUS e os ativistas anti-Grey nas agências CABAL/COM12. - BRANTON) MIKE YOUNGER também indicou que foram feitos esforços posteriores de sua parte para evitar que estas coisas continuassem acontecendo. As pessoas com quem ele trabalhava estavam trabalhando muito para expor GEORGE BUSH em suas ligações com o caso IRAN/CONTRA e seus negócios com seu irmão em operações ilegais no Japão, na esperança de que estas coisas fizessem um grande número de pessoas se perguntar sobre os fatos e não votar nele... havia um número de agentes (agentes, como MICHAEL YOUNGER e outros ligados ao COM-12 - BRANTON) trabalhando e tentando trazer os agentes de Inteligência para o lado certo e também os bons líderes militares, que muito poucas pessoas dentro do meio militar e de inteligência realmente sabem o que acontece e que simplesmente não gostam disto e que estão fazendo seus próprios planos para se oporem ao plano desta gente.... (Nota: Aparentemente as campanhas foram bem sucedidas e GEORGE BUSH não conseguiu ser reeleito. Se tivesse sido, será que agora estaríamos vivendo sob uma ditadura fascista? Mas a gente também precisa entender que GEORGE BUSH não é o centro da conspiração, e a agenda da NWO seguiria com ou sem ele. Ele era o homem da equipe de ''frente'' de um força que é muito mais maligna e poderosa do que qualquer homem isoladamente. Nem estou dizendo que as nações da Alemanha, Áustria, ou Itália onde as sociedades secretas e Bavariano-Romanas tem suas raízes são elas própria o inimigo. O inimigo é a estrutura de poder da própria sociedade secreta, que controla governos, destes países e o que significa que o contra ataque deve ser uma escandalosa, visível, contínua e sem descanso exposição de seus mais profundos e escuros segredos, as atrocidades e seus 'crimes de guerra' destes mercadores da morte!!! - BRANTON) Hoje, uma outra oportunidade se apresentou e como estas forças já não se polarizam entre Ocidente e Rússia, estimulando uma devastadora guerra nuclear [no mínimo, não com a Rússia, pelo menos até ela novamente se tornar uma super potência], ela tem se colocado acima de uma oportunidade atual de depressão econômica e uma crescente polarização da América contra as minorias, que pode criar internamente direções na América que façam o público permitir que o Presidente chame as topas da ONU para restaurar a lei e a ordem...

Uma interessante confirmação de fatos acima mencionados aparece no livro de WEBSTER GRIFFIN TARPLEY e ANTON CHAITKIN: GEORGE BUSH: THE UNAUTHORIZED BIOGRAPHY, que inicialmente foi serializado em THE NEW FEDERALIST, começando no Vol. V, No. 39., e mais tarde publicado pela "EXECUTIVE INTELLIGENCE REVIEW". Algumas das afirmações neste volume maciçamente documentado incluem: Um Republicano negro, um bom amigo de GEORGE BUSH que era responsável por forneceu apoio negro para a presidência de BUSH, se tornou o centro de um escândalo sexual em NEBRASCA seguindo o colapso da comunidade de orientação minoritária de UNIÃO DE CRÉDITO FRANKLIN em OMAHA que ele dirigia. Este homem era LAWRENCE [LARRY] E. KING, JR. KING cantou o hino nacional nas convenções republicanas de 1984 e 1988. -- O "FRANKLIN COMMITTEE" foi acusado de suborno e em novembro de 1988, os escritórios de KING foram vasculhados pelo FBI e $40 milhões tinham desaparecido. Entretanto dentro de semanas, o Senado de NEBRASCA que inicialmente abriu para saber onde estava o dinheiro desaparecido, acabou se achando inquirindo jovens adultos e adolescentes que afirmavam que eles tinham sido crianças prostitutas. Vários assistentes sociais e administradores estaduais de centros de proteção à criança acusaram KING de possuir uma cadeia de prostituição infantil. As acusações cresciam, já com o ex chefe de polícia de OMAHA, o editor do maior jornal do Estado e muitos outros associados políticos de KING sendo eles próprios acusados de patrocinarem a prostituição infantil.

(Será que isto serve para confirmar os rumores de uma grande força de infiltração nazista no NEBRASCA, similar as afirmações de presença nazista em DULCE, NEW MEXICO; RENO, NEVADA; MONTAUK, NEW YORK; E NEW JERSEY, etc.? - Interessantemente, todos estes Estados começam com a letra ''N'' , exatamente como 'Nazista ' e 'NEUSCHWABENLAND' do, que podem Ter algum significado ou ser mera coincidência. - BRANTON).

Embora KING tenha sido condenado a 15 anos de prisão federal, por fraudar a união de crédito baseada em OMAHA, as revistas 'AVVENIMENTI' da Itália e 'PRONTO' da Espanha, entre outras, tem acusado KING de crimes ainda mais sérios: que ele dirigia uma cadeia nacional de prostituição infantil que servia a elite política e de negócios de ambos os partidos, Democrático e Republicano. Muitas crianças vítimas das operações de KING acusaram-no de no mínimo um assassinato num ritual satânico de criança a alguns anos atrás. E também o "WASHINGTON POST", "NEW YORK TIMES", "VILLAGE VOICE" e "NATIONAL LAW JOURNAL" cobriram completamente as acusações depois que a história explodiu em novembro de 1988. De fato, segundo o livro, As maquinações de dinheiro de KING também estavam ligadas ao caso IRAN-CONTRA e muitos dizem que KING forneceu a CIA informações reunidas de suas alegadas atividades como um ''cafetão'' para os altos e poderosos.

'Pronto', sediado em Barcelona, o maior semanário da Espanha, com mais de 4,5 milhões de leitores, afirmou que ROY STEPHENS, um investigador privado que tinha trabalhado no caso e que era o líder da Fundação de Jovens Desaparecidos, disse: "há uma razão para eu acreditar que a CIA está diretamente implicada, e que o FBI se recusa a ajudar na investigação e tem sabotado qualquer esforço'' para chegar a parte inferior da história.

Segundo este volume, várias das crianças prostitutas de OMAHA testemunharam que tinham viajado para WASHINGTON, D.C. com KING em aviões particulares para comparecerem a eventos políticos que eram seguidos de orgias sexuais com crianças.

O nome de GEORGE BUSH apareceu repetidamente no escândalo de NEBRASCA. Entretanto, seu nome só foi para imprensa em julho de 1989, um pouco menos de um mês depois do caso do garoto de programa de WASHINGTON Ter feito as suas primeiras manchetes. O jornal diário principal de OMAHA relatou, "Uma criança, que tem estado sob cuidados psiquiátricos, disse que acredita Ter visto GEORGE BUSH em uma das festas de KING ."

GARY CARADORI foi um investigador de polícia estadual aposentado que foi contratado pelo Senado de NEBRASCA para investigar o caso, e que morreu misteriosamente durante o curso das investigações. Em 11 de julho de 1990, durante o curso de suas investigações, GARY CARADORI, 41 anos, morreu na queda de um pequeno avião junto com seu filho de oito anos, ao explodir em pleno ar e a causa da explosão jamais foi descoberta. Um exímio piloto e muito cuidadoso, CARADORI disse repetidas vezes na semana anterior ao acidentes, a seus amigos, que temia que seu avião fosse sabotado.

STEVE BOWMAN, um homem de negócios de OMAHA que está compilando um livro sobre o dinheiro de FRANKLIN e o escândalo sexual, tem afirmado: "Temos algumas testemunhas confiáveis que dizem que GEORGE BUSH tem um problema.,.." O abuso sexual infantil tem se tornado uma das epidemias dos anos 90", disse BOWMAN ao 'GQ' [a revista GENTLEMAN'S QUARTERLY]. Uma das fontes de BOWMAN é um psiquiatra aposentado que trabalhou para a CIA. Ele acrescentou que o tráfico de cocaína e a corrupção política eram outros temas principais..

PETER SAWYER, um ativista conservador australiano que publica uma NEWSLETTER bastante controvertida, a "INSIDE NEWS" com uma circulação de 200.000, dedicou sua publicação de novembro de 1991 exclusivamente ao escândalo de NEBRASKA, e enfocou as ligações de BUSH com este caso. Em um trecho capitulou: '' As Alegações Originais: BUSH é primeiramente citado em 1985," SAWYER escreve, "...se as primeiras alegações sobre a intensa exploração da rede de prostituição infantil centralizou-se em LARRY KING e foi durante todo o seu trajeto se dirigindo para a Casa Branca, tivesse sido feita em 1989, e todas tivessem vindo da mesma fonte, a gente poderia suspeitar de alguma falsidade e conluio mau intencionado. Entretanto, as alegações que cresceram com o colapso da União de Crédito FRANKLIN não foram as primeiras.

"Vamos retornar a 1985, quando uma jovenzinha, EULICE [LISA] WASHINGTON, foi o centro de uma investigação de ANDREA L. CARENER, do Departamento de Serviço Social de NEBRASKA. A investigação foi instigada porque LISA e sua irmã TRACEY continuadamente fugiam de seus pais adotivos, JARRETT e BARBARA WEBB. Inicialmente relutantes em fornecerem a informação por terem medo de serem punidas posteriormente, as duas garotas acabaram por contar uma história muito importante, mais tarde repetida por outras crianças que também tinham sido adotadas pelos WEBB [sic].

"Estas entrevistas foram conduzidas por MRS. JULIE WALTERS, uma outra funcionária do Bem Estar, que trabalhava para BOYS TOWN naquele tempo , e que tinha sido chamada por causa do encaminhamento constante das crianças dos WEBB e outras para aquela instituição. "LISA, confirmada por sua irmã, detalhou uma intensa indústria pornográfica, infantil e homossexual, que agia em NEBRASKA dirigida por LARRY KING. Ela descreveu como regularmente era levada de avião a WASHINGTON, juntamente com outros jovens, para comparecer a festas dadas por KING e que envolviam muitos políticos proeminentes e homens de negócio importantes, além de outras pessoas. LISA citou especificamente o nome de GEORGE BUSH como tendo comparecido em duas ocasiões. "Lembre-se, isto foi em 1985," enfatiza a NEWSLETTER australiana.

MRS. JULIE WALTERS em 1986 entrevistou a suposta prostituta infantil , LISA, que lhe falou sobre BUSH. LISA e sua irmã TRACEY naquele tempo estavam temporariamente morando na casa de KATHLEEN SORENSON, uma outra mãe adotiva. MRS. WALTERS explicou que inicialmente ficou surpresa com as revelações de LISA, mas ela - que veio de uma origem extremamente desprivilegiada e sem qualquer conhecimento de assuntos políticos - deu detalhes grandes sobre o seu comparecimento a encontros políticos pelo país.

O relatório escrito a mão de 50 páginas de JULIE WALTER afirma: "25 de março de 1986. Encontrei-me com KATHLEEN [SORENSON] e LISA por aproximadamente duas horas em BLAIR [NEBRASKA] pedindo à LISA mais detalhes sobre o abuso sexual. ... LISA admitiu estar sendo usada como prostituta por LARRY KING quando saia em viagens com a família dele. Ela começou a sair em viagens quando estava no 10º grau. Além dela e de LARRY havia também MRS. KING, o filho dele, PRINCE, e 2 ou três outros pares. Eles viajavam no avião particular de LARRY, LISA disse que nestas festas de viagens, que LARRY patrocinava, ela sentava nua ' parecendo boa e inocente ' e os convidados podiam se engajar em qualquer atividade sexual que quisessem [ mas penetração não era permitido] com ela....... LISA disse que a primeira vez que viu o Vice Presidente GEORGE BUSH foi na Convenção Republicana [onde LARRY KING cantou o hino nacional] e o viu novamente em uma festa em WASHINGTON, D.C. que LARRY patrocinou. Nesta festa, LISA não viu mulheres...

"O teste do polígrafo a que LISA se submeteu, centralizou-se em torno de abuso sexual cometido por JARRETT WEBB. Naquele tempo, ela disse apenas coisas gerais sobre as viagens de LARRY [ isto é, onde foram, etc.] Ela só começo a falar sobre o seu envolvimento na prostituição durante estas viagens em 25 de março de 1986...

"LISA também acompanhou o casal KING e PRINCE em viagens para CHICAGO, N.Y. e WASHINGTON, D.C. a começar quando tinha 15 anos. Ela faltou 22 dias à escola quase que totalmente devido a estas viagens. LISA era pretensamente levada como babá de PRINCE. No último ano ela conheceu o Vice Presidente GEORGE BUSH e tornou a vê-lo em uma das festas que LARRY deu em WASHINGTON, D.C. Algumas destas festas eram exclusivas para homens [como a que BUSH compareceu] - homens mais velhos e homens bem jovens no início de seus vinte anos. LISA disse que assistiu a prática de sodomia nestas festas...

"Nestas festas, LISA disse que cada convidado tinha um guarda-costas e ela viu alguns homens usando armas. Todos os convidados tinham de apresentar um cartão que era passado numa máquina para verificar se era de fato o convidado. E então cada convidado era admitido na festa."

Um relatório do Comitê FRANKLIN afirmou: "Aparentemente ela [LISA] foi contatada em 19 de dezembro de 1988 e veio voluntariamente aos escritórios do FBI em 30 de dezembro de 1988. Ela foi entrevistada por 1984, quando foi a WASHINGTON, tinha 14 ou 15 anos, e fez uma viagem a Chicago com LARRY KING juntamente com 15 ou 20 garotos de OMAHA. Ela foi para CHICAGO em um avião particular.

"Ele indica que KING pegou os garotos na BOYS TOWN e que eles trabalhavam para KING. Ela afirmou que ROD EVANS e outros dois garotos com o sobrenome EVANS estavam no avião . Não se lembra do nome dos outros garotos. Os garotos que voaram para Chicago com WASHINGTON e KING tinham entre 15 e 18 anos. A maioria dos meninos era negra, mas havia alguns brancos. Foi mostrado a ela uma fotografia de um garoto e ela confirmou que ele estava no avião. Ela não se lembrou do nome dele. Ela disse que foi coagida a viajar BARBARA WEBB.

"Ela indicou que compareceu a festa em CHICAGO com KING e os garotos. Ela indicou que GEORGE BUSH estava presente. Disse que sentou em uma mesa vestindo apenas um ''negligee''. Afirmou que GEORGE BUSH a viu na mesa. Ela diz que viu GEORGE BUSH dar dinheiro a KING, e que BUSH deixou a festa acompanhado de um jovem negro de 19 anos, de nome BRENT."

LISA afirmou que a festa a que GEORGE BUSH compareceu foi em CHICAGO em Setembro ou outubro de 1984. Segundo o "CHICAGO TRIBUNE" de 31 de outubro de, 1984, BUSH de fato estava em ILLINOIS na campanha de candidatos ao Congresso no final do mês de outubro.

"EULICE [LISA] disse que reconheceu GEORGE BUSH chegando na festa e que ele tinha dois homens brancos e grandes com ele. EULICE disse que BUSH chegou na festa aproximadamente 45 minutos depois que esta tinha começado e que foi saudado por LARRY KING. EULICE disse que sabia que era GEORGE BUSH devido ao fato de ele Ter estado em campanhas políticas e ela também tinha visto uma foto de BUSH com LARRY KING na casa deste em OMAHA."

O relatório afirmou: "LISA foi submetida a quatro testes de polígrafo administrados pelo Departamento Estadual de Patrulha em CENTER STREET em OMAHA. O patrulheiro estadual, após o teste de LISA Ter sido concluído, disse que um outro ''pai'' adotivo tinha tentado desmentir LISA, mas ela estava falando a verdade.

Se as maquinações desviadas de GEORGE HERBERT [o pervertido] BUSH e seus companheiros conspiradores nazistas não foram o bastante parta atiçar as chamas de sua patriótica indignação a ferver neste ponto... então apenas leia o seguinte a respeito de seus líderes da rede, a família imigrante bilontrai dos ROCKEFELLER:

CONTROLE DA POPULAÇÃO, NAZISTAS E ONU! De ANTON CHAITKIN
ROCKFELLER E ASSASSINATO EM MASSA

A Fundação ROCKEFELLER é o primeiro patrocinador das relações públicas do programa drástico de depopulação para a ONU, que o mundo é convidado a aceitar na conferência do Cairo, Egito, agendada para setembro. Evidências na posse de um crescente número de pesquisador na América, Inglaterra e Alemanha, demonstram que a Fundação e seus associados corporativos, médicos e políticos organizaram o programa de assassinato racial em massa da Alemanha nazista. Estes globalistas que funcionam como um condutor para a geopolítica do Império Britânico, não pararam depois da Segunda Guerra Mundial. A aliança da ONU da velha ala direita nazista com a ala direita dos tempos modernos oferece mesmo um perigo mais grave para o mundo atualmente do que este mesmo grupo apresentou em 1941. O monopolista do petróleo, JOHN D. ROCKEFELLER criou a Fundação ROCKEFELLER, dirigida pela família, em 1909. Em 1929 ele tinha colocado $300 milhões da família, oriundo do controle do interesse da STANDARD OIL COMPANY de NEW JERSEY [mais tarde chamada 'EXXON'] na conta da Fundação. O dinheiro da Fundação criou a especialidade médica conhecida como ''psiquiatria genética''. Para este novo campo experimental, a Fundação reorganizou o ensino médico na Alemanha, criando e continuamente dirigindo o Instituto de Psiquiatria KAISER WILHELM e o Instituto de Antropologia, Eugenia e hereditariedade Humana KAISER WILHELM. O Chefe Executivo destas Instituições dos ROCKEFELLER foi o psiquiatra fascista suíço ERNST RUDIN, auxiliados pelos seus protegidos OTMAR VERSCHUER e FRANZ J. KALLMANN. Em 1932, o movimento pela eugenia, britânico, designou o Dr. RUDIN dos ROCKEFELLER como presidente mundial da Federação Eugênica. Este movimento pedia a morte e a esterilização das pessoas cuja hereditariedade as fizesse um encargo público.

AS LEIS RACIAIS
Poucos meses mais tarde, HITLER tomou a Alemanha e o aparato de ROCKEFELLER e RUDIN se tornou uma sessão do Estado nazista. O regime indicou RUDIN para líder da Sociedade de Higiene Racial. RUDIN e sua equipe, como parte da Força Tarefa dos especialistas em hereditariedade do chefe das SS nazistas HEINRICH HIMMLER, fez a Lei da Esterilização. Descrita como um modelo de lei americana, foi adotada em julho de 1933 e orgulhosamente impressa em setembro do mesmo ano no jornal americano EUGENICAL NEWS [EUA] com a assinatura de HITLER. O grupo ROCKEFELLER deu continuidade a outras leis raciais, também baseadas nos existentes estatutos da VIRGINIA. A unidade 'T4'' da Chancelaria de HITLER, baseada nos psiquiatras liderados por RUDIN e sua equipe, cooperou na criação de filmes de propaganda para vender a ''morte misericordiosa'' [eutanásia] aos cidadãos alemães. O povo reagiu antagonicamente: HITLER teve que retirar um filme sobre ''o correto morrer'' dos cinemas. O trabalho de base apropriado ainda não tinha se completado. Sob os nazistas, a companhia química alemã I.G. FARBEN e a STANDARD [EXXON] OIL de NEW JERSEY, de propriedade de ROCKEFELLER' eram de fato uma única firma, unida em centenas de arranjos de cartel. I.G. FARBEN foi dirigida pela família WARBURG até 1937, sócia bancária de ROCKEFELLER e também sua sócia no desenho da eugenia nazista alemã.

Após a invasão da Polônia em 1939, a STANDARD OIL solicitou manter a união com a I.G. FARBEN mesmo se os EUA entrassem na guerra. Isto foi exposto em 1942 pelo comitê de investigações do Sen. HARRY TRUMAN, e o Presidente ROOSEVELT tomou centenas de medidas legais durante a guerra para impedir o cartel STANDARD - I.G. FARBEN de abastecer a máquina de guerra inimiga. Em 1940-41, I.G. FARBEN construiu uma fábrica gigantesca em AUSCHWITZ na Polônia, e, para utilizar as patentes STANDARD OIL / I.G. FARBEN e o trabalho escravo do campo de concentração para fazer gasolina do carvão. Os SS foram designados para guardarem os judeus e outros e selecionar para morte aqueles que não eram adequados para o trabalho escravo da I.G. FARBEN. O presidente da STANDARD na Alemanha, EMIL HELFFERICH testificou depois da guerra que os fundos da STANDARD OIL ajudaram a pagar os guardas SS de AUSCHWITZ.

Em 1940, seis meses depois do notório encontro STANDARD-I.G, o agente oficial da Fundação Européia ROCKEFELLER, DANIEL O'BRIAN escreveu para o chefe do departamento médico, ALAN GREGG que "seria muito desafortunado se eles tivessem escolhido parar a pesquisa que não tivesse relação com a guerra'' - e desta forma a Fundação continuaria financiando a pesquisa psiquiátrica nazista (que pode ser traduzida por pesquisa de ''controle mental''. - BRANTON) durante a guerra.

Em 1936, Dr. FRANZ KALLMANN, da ROCKEFELLER interrompeu seu estudo sobre degeneração hereditária e emigrou para a América porque ele era meio judeu.. KALLMANN foi para NEW YORK e estabeleceu o Departamento de Genética Médica do Instituto Psiquiátrico de Nova Iorque. O Rito Escocês da Maçonaria Livre publicou o estudo de KALLMAN sobre mais 1.000 casos de esquizofrenia, que tentavam provar sua base hereditária. No livro, KALLMANN agradeceu ao seu chefe e mentor RUDIN. O livro de KALLMANN, publicado em 1938 nos USA e na Alemanha nazista , foi usado pela unidade T4 como uma racionalização para começar em 1939 com os assassinatos de pacientes mentais e várias pessoas deficientes, talvez, a maioria delas crianças. Gás e injeções letais foram utilizados para matar 250.000 sob este programa, no qual as equipes deste programa assassino eram dessensibilizadas e treinadas.

DR. MENGELE...
Em 1943, o assistente de OTMAR VERSCHUER, JOSEF MENGELE se tornou o comandante médico de AUSCHWITZ. Como diretor em tempo de guerra do Instituto de Antropologia, Eugenia e Hereditariedade Humana KAISER WILHELM , de ROCKEFELLER em Berlim, VERSCHUER garantiu os fundos para as experiências de MENGELE em AUSCHWITZ vindos do Conselho de Pesquisa Alemã. VERSCHUER escreveu um relatório de evolução para o Conselho: '' Meu co-pesquisador nesta pesquisa é o meu assistente médico e antropologista MENGELE. Ele está servindo como HAUPTSTUERMFUEHRER e médico de campo no campo de concentração de AUSCHWITZ.... Com a permissão do REICHSFUEHRER SS HIMMLER, a pesquisa antropológica está sendo realizada em vários grupos raciais nos campos de concentração e amostras de sangue serão enviadas para o meu laboratório para investigação..'' MENGELE investigava as linhas de trens que se dirigiam para AUSCHWITZ, procurando por gêmeos - o material favorito dos psiquiatras geneticistas.

Ao chegar a estação experimental de MENGELE, os gêmeos preenchiam um detalhado questionário para o Instituto KAISER WILHELM .'' Havia retiradas diárias de sangue para a 'pesquisa da proteína especifica' de VERSCHUER. Agulhas eram injetadas dentro dos olhos para trabalhar na cor dos olhos. Havia transfusões de sangue e infeções experimentais. Órgãos e pernas eram removidos, muitas vezes sem anestesia .Mudanças de sexo eram tentadas. Mulheres eram esterilizadas, homens castrados. Milhares eram mortos e seus órgãos enviados para VERSCHUER e para o grupo ROCKEFELLER no Instituto KAISER WILHELM. (Lembre-se que os ROCKEFELLER eram imigrantes alemães na América. - BRANTON) Em 1946, VERSCHUER escreveu ao Departamento de Hereditariedade Humana EM Londres, pedindo ajuda para continuar ''seu trabalho científico''.

FACELIFT... Em 1947, o Escritório de Hereditariedade Humana mudou-se de Londres para COPENHAGEN. O novo edifício dinamarquês dele foi construído com o dinheiro de ROCKEFELLER. O Primeiro Congresso Internacional de Genética Humana depois da Segunda Guerra Mundial foi realizado neste instituto dinamarquês em 1956. Naquele tempo, VERSCHUER era um membro da Sociedade de Eugenia Americana, então indistingüível do Conselho de População de ROCKEFELLER.

DR. KALLMANN ajudou a salvar VERSCHUER testificando os procedimentos dele de desnazificação. DR. KALLMANN criou a Sociedade Americana de Genética Humana, que organizou o ''Projeto do Genoma Humano'' - [baseado no LOS ALAMOS LABS e por sua vez em mais projetos acobertados de pesquisa e desenvolvimento na base de DULCE, NEW MEXICO - que também se envolveu em pesquisa e todas as formas de tecnologia oculta imagináveis - BRANTON) um esforço do multiculturalismo físico atual de $3 bilhões de dólares. KALLMANN foi um diretor da Sociedade Americana de Genética Humana em 1952 e de 1954 a 1965. Nos anos 50, Os ROCKEFELLER reorganizaram o movimento americano de eugenia nos escritórios próprios da família, com ênfase nos grupos de controle da população e de aborto. A Sociedade de Eugenia mudou seu nome para '' Sociedade de Estudo de Biologia Social'', que é seu nome atual.

A Fundação ROCKEFELLER vem a muito financiando o movimento de eugenia na Inglaterra, aparentemente como uma forma de reembolsar a Grã Bretanha pelo fato de que o capital britânico e um sócio inglês tinham iniciado o velho JOHN D. ROCKEFELLER em seu ''TRUST'' de petróleo. Nos anos 60, a Sociedade de Eugenia da Inglaterra adotou o que chamou de CRIPTO-EUGENIA, afirmando em seus relatórios oficiais que eles fariam eugenia por significados e instrumentos não rotulados como eugênicos.

Com o suporte dos ROCKEFELLERS, , a Sociedade de Eugenia da Inglaterra criou um sub comitê chamado de Federação Internacional de paternidade Planejada que durante 12 anos usou como seu endereço o da Sociedade de Eugenia da Inglaterra.

(Nota: MARGARET SANGER desempenha um papel central nesta rede de ''paternidade responsável''. E as pessoas que criticam RUSH LIMBAUGH por Ter chamado SANGER de "FEMI-NAZI" [nazismo feminista] quando de fato é exatamente e literalmente o que isto veio a ser, quando se considera o completo apoio dela às filosofias de supremacia racial, ariana, nazista. Nos anos 80 havia aproximadamente 50 milhões de abortos pelo mundo, muitos dos quais atribuídos a agendas genocidas da ''paternidade planejada''. Em seu livro, 'PIVOT OF CIVILIZATION', com referência a assistência gratuita a maternidade para os pobres, SANGER afirmou: "Ao invés de tentar diminuir e eliminar os estoques que existem em detrimento do futuro da raça e do mundo, este programa tende a fazer com que eles atinjam graus ameaçadores''. E em referência ao ''Projeto Negro'' dela, do final dos anos 30, que tentava recrutar ministros negros, líderes médicos e políticos, com o propósito de encorajar o controle da natalidade e a esterilização da comunidade negra, SANGER escreveu: "...Não queremos a palavra que nós desejamos exterminar a população negra, e o ministro é o homem que pode fortalecer a nossa idéia se isto ocorrer entre os membros mais rebeldes''. Como SANGER faz parte da agenda da ''Supremacia Ariana'', é importante que ela permitisse a informação sobre a real agenda genocida da ''paternidade responsável'', que acabou transparecendo em seus escritos. O núcleo da divulgação dos argumentos mais incendiários a favor ou contra o aborto não deveria ser colocado na temática se uma mulher tem ou não o direito de fazer um aborto, ou sobre o direito que teria um feto à vida. O que vem meramente a ser significativo é que a ''paternidade planejada'' costuma ocultar suas agendas fascistas e genocidas - atrás de argumentos divisores sobre ''Direitos Constitucionais'' das Mães versus aqueles mesmos direitos da futura criança. O núcleo da matéria deveria ser se os supremacistas brancos fascistas podem ou não cometer genocídio contra alvos de raças ''não arianas'' por meio de aborto, esterilização, infanticídio e outros métodos -. - BRANTON), E este então é que verdadeiramente é o aparatus privado e internacional que se estabeleceu no mundo para um holocausto global, sob a bandeira americana.

EARTH ISLAND JOURNAL, OUTONO DE 94: ARCO, EASTLUND E AS RAÍZES DO HAARP De GARY SMITH
(Nota: A seguir está uma um produto em andamento, muito interessante, da ARCO [ATLANTIC RICHFIELD CO.,] que tem recebido muita atenção nos grupos de discussão da INTERNET. Poderia este projeto tão poderoso ser usado contra cidadãos americanos pela ARCO ou outros proponentes da 'NEW WORLD ORDER'? - BRANTON)

Todas as tecnologias atômicas e eletrônicas - desde as de aplicação doméstica até as armas nucleares - irradiam partículas energéticas. Conquanto os impactos imediatos da poluição eletromagnética causada por humanos sejam geralmente imperceptíveis, as conseqüências a longo prazo para a biosfera podem ser profundos.

Em 1988, a revista OMNI levantou preocupações sobre as conseqüências para o meio ambiente de uma bizarra invenção eletromagnética. Segundo a OMNI, a ARCO [a gigante do petróleo americano], encontrou-se imaginando o que fazer com mais ou menos 30 trilhões de metros cúbicos de gás natural que ela esperava retirar da Elevação Norte do Alasca. Conquanto isto possa fornecer energia bastante para suprir os EUA por um ano, os campos de gás ficavam muito longe dos consumidores potenciais. A ARCO acabou por concluir que ficaria muito caro liqüefazer o gás e embarcá-lo por milhares de milhas até os centro urbanos. O que ela precisava era de um cliente que quisesse acessar grandes quantidades de energia no local - na área selvagem do Alasca.

"BERNARD EASTLAND, um MIT e físico da Universidade de Colúmbia com oito anos de experiência na Comissão de Energia Atômica, apareceu então com um plano extraordinário para utilizar a energia ''no ponto de produção''.

EASTLAND, que logo se tornou o presidente da Companhia Internacional de Produção de Tecnologia da ARCO em HOUSTON, propôs a queima dos vastos campos de gás do Alasca para fornecer energia a um enorme gerador elétrico. A energia resultante seria dirigida para um enorme complexo de antenas, 40 milhas em um lado. As antenas seria utilizadas para focalizar um raio intenso de energia eletromagnética para a atmosfera superior onde colidiria com a ionosfera para criar um fenômeno chamado de ''força espelho''. A EASTLAND foi garantida a patente americana (# 4,686,605) por esta invenção em 11 de agosto de 1987.

"Você pode virtualmente fazer subir parte da atmosfera superior, disse EASTLAND a OMNI, "você pode movimentar, fazer coisas com esta atmosfera superior." Uma das coisas que EASTLAND visava envolvia ''distorcer cirurgicamente'' a ionosfera para criar uma interrupção global das comunicações. Empurrar a atmosfera superior também poderia gerar um ''arrastar'' em alta altitude que podia aquecer e defletir mísseis inimigos ou cercá-los com ''elétrons de alta energia'' que faz com que os mísseis detonem no meio da trajetória.

A proposta interessou ao Pentágono, que investiu várias centenas de milhares de dólares 'avaliando' o trabalho de EASTLAND. EASTLAND mantinha que esta energia era para uso pacífico. Em um cenário, ele explicou como os raios de energia eletromagnética poderiam levantar porções da atmosfera superior e redirecionar a corrente para alterar os padrões climáticos globais. Usando '' flocos de partículas atmosféricas para atuarem como lentes ou foco do aparelho'', EASTLAND propôs redirecionar a luz do sol e o calor para diferentes partes da superfície da Terra, tornando possível manipular padrões de ventos, criar tempestades na Etiópia, dirigir furacões para fora do Caribe, incinerar a poluição provocada pela indústria, e fazer um buraco na camada de ozônio da Antártica.

"Porque a atmosfera superior é extremamente sensível a pequenas alterações em sua composição'', advertiu a OMNI, "meramente testar um aparelho de EASTLAND pode causar um dano irreversível."

E temos também o seguinte artigo, intitulado, "O RAIO DA MORTE DO JUÍZO FINAL". Subtítulo: "O Governo Americano está testando uma mega arma secreta? - pelo agente X''. [revista NOSE, publicação de 26 de março de 1995]. Temos que nos perguntar apenas sobre quem terá o controle desta arma, especialmente se a ARCO está profundamente envolvida com o Projeto HAARP? Vamos então ao artigo:
Em um contraste marcante com outros importantes programas relacionados às armas avançadas, o HAARP não faz parte daqueles projetos do orçamento negro, oficialmente negados. Ainda mais, os militares insistem que o HAARP é um programa estritamente científico para estudar a AURORA BOREALIS [ou Luzes do Norte], quando de fato é um aparelho intentado para dar um puxão na ionosfera com propósitos muito menos benignos... Construído pela ARCO POWER TECHNOLOGIES, HAARP deverá estar iniciando seus testes quando esta matéria estiver sendo impressa. Durante 1966, um aumento planejado de $75 milhões para este já mega projeto aumentará a capacidade [OUTPUT] do sistema acima de 1.7 gigawatts, fazendo de HAARP o emissor mais poderoso do mundo. Muitos lugares menores existem pelo mundo, mais notavelmente na Rússia. Embora estas instalações não possam igualar as capacidades de aquecimento da ionosfera de HAARP, alguns especialistas no campo que não desejam ser citados sugerem que algumas alterações climáticas aberrantes podem ter sido causadas por sua operação. Mas o que de fato os militares querem com tudo isto? Aqui estão algumas possíveis aplicações que tenho descoberto.

Topografia Penetrante da Terra: Um tipo de ''CAT SCAN'' para o planeta. Aquecer a ionosfera para criar um espelho ressonante , raios eletrônicos direcionados criando uma corrente de energia sobre específicas coordenadas do planeta. Esta energia penetra no solo em uma profundidade de um quilometro ou mais, e o sinal retorna por satélite ou aeronave. Depois o computador processa a informação. Aparece uma imagem relativamente clara do subterrâneo.

Sistema de armas altamente mortíferas: A capacidade [OUTPUT] de HAARP pode ser potencializado mil vezes; mas se isto é obtido, uma concha de elétrons de alta velocidade podem ser construídos de modo a abranger a terra. Qualquer míssil balístico ou ogiva passando através desta concha explodiria.

Sistema de armas mortíferas leves: Direção de enormes quantidades de energia de rádio freqüência para uma área especifica, HAARP pode sobrecarregar as redes de distribuição de energia elétrica, congelar microeletrônica sensível, detonar armas e provavelmente perturbar a química cerebral.

Modificação climática: Aquecimento da atmosfera superior sobre áreas específicas podem alterar padrões climáticos, criando enchentes torrenciais, destruindo a infra-estrutura do inimigo ou impedindo o inimigo de realizar colheitas ... o clima se torna uma arma.

Identificação de satélites: A iluminação das espaçonaves orbitais com o HAARP, os materiais constituintes e a missão de um satélite podem ser acessados.

Comunicações: Usos possíveis incluem correções de satélites, comunicações por satélite com submarinos e detecção das aeronaves tipo STEALTH.

Ao físico BERNARD EASTLUND, presidente da Companhia de Produção de Tecnologia e anterior 'ARCO' BIGWIG, foram garantidas três patentes nos últimos sete anos para um sistema que parece suspeito como HAARP - embora muito maior. O plano dele, usando um transmissores que abranja 160 milhas quadradas e energizado por enormes quantidades de eletricidade gerada pelo uso das vastas reservas naturais de gás [as quais a ARCO tem acesso ]. A ARCO inicialmente possuiu as patentes de EASTLUND, mas logo foi visitar EDWARD TELLER (o "pai da bomba H]. O coordenador de STAR WARS", na área de teste de Nevada, era o coordenador do programa de Desta SDI, e ao mesmo tempo era um membro importante do MJ-12. - BRANTON.); EASTLUND negou envolvimento posterior e as patentes foram vendias silenciosamente em junho de 1994 para a E-SYSTEMS, uma corporação de alta tecnologia famosa por seus projetos de defesa ultra secretos como o avião presidencial do BOEING 747.

"HAARP é um primeiro passo perfeito para um projeto como o meu', disse EASTLUND. "Avanços na tecnologia de transmissão em fase e geração de energia pode produzir o campo de força requerido. O governo dirá que não é assim, mas se isto grasna como um pato, se parece com um pato, então há uma boa chance de ser mesmo um pato". "EASTLUND está louco," disse um oficial da Força Aérea falando sob a condição de manter o anonimato "HAARP é muito menor e menos poderosa do que este instrumento. Nada estamos fazendo além de boa ciência e pura pesquisa.

"A real beleza de HAARP," ele então acrescenta enigmaticamente, "é que nada do que você possa ver externamente é sensível. O segredo é o raio causando a agilidade e pulsando transmissões... Quando ocorrerem operações encobertas, a equipe científica, os fundos operacionais e a missão serão negras''.

Seja o que for que esteja acontecendo no Alasca, a população local está louca de raiva. O governo federal desfruta de uma longa tradição de agulhar os habitantes da Última Fronteira. Geralmente falando, os federais são tão benvindos quanto uma epidemia de herpes. E estudos feitos pela EPA, o governo sueco e outros indicam que o HAARP pode interferir com as comunicações, sistemas de navegação, migração da vida selvagem e possivelmente com a saúde humana.

"Nunca houve um transmissor deste poder nesta freqüência,' diz EASTLUND. "Seria sábio estudar seu impacto''. Embora haja muitas perguntas, os militares insistem que está tudo bem e que não há nada com o que se preocupar.

"Não estamos fazendo nada com a ionosfera; estamos apenas olhando para ela'', insiste o porta voz do Laboratório PHILLIPS da Força Aérea, ROY HEITMAN.

Embora uma organização de raiz local, a NO HAARP, esteja tentando parar o projeto, o fundador CLARE ZICKUHR admite, '' é uma luta inútil, [HAARP] vai acontecer." Um aposentado da ARCO, ZICKUHR está convencido de que HAARP é um projeto secreto de armas. "Ele tem todas as aparências de um programa secreto. Não é boa ciência. Eles não tem idéia do que esta coisa pode fazer à ionosfera. E colocar isto nas mãos dos militares me enche de terror''.

(Lembre entretanto que, embora este ex empregado da ARCO em particular - ZICKUHR - seja contra o projeto, a instalação do HAARP no Alasca foi construída pela ARCO POWER TECHNOLOGIES. E assim as opiniões de ZICKUHR não refletem aparentemente as opiniões da ARCO a respeito do projeto . - BRANTON)

E se você ainda não está convencido de que a ARCO -- ATLANTIC RICHFIELD COMPANY - é uma fachada da fascista infiltração "NAZIFELLER" da NEW WORLD ORDER, se não for uma invasão, da América do Norte, então tente mais uma para avaliar:
ARCO-ALYESKA, WACKINHUT, ESPIONAGEM ILEGAL, CRIME ORGANIZADO... ("Oh! que teia entrelaçada temos..."):
AFIRMAÇÕES DO HONORÁVEL GEORGE MILLER, PRESIDENTE DO COMITÊ DE ASSUNTOS DO INTERIOR E INSULARES, SUPERVISIONANDO AS AUDIÊNCIAS SOBRE AS OPERAÇÕES COBERTAS EM ALYESKA . 4 de novembro de 1991. (Alguns trechos desta prolongada audiência aparecem abaixo - - BRANTON):
"Aqui estão os primeiros dois dias de audiências diante do Comitê da Casa do Interior sobre a matéria de uma espionagem encoberta autorizada pela Companhia de Serviços ALYESKA PIPELINE e realizada pela WACKENHUT CORPORATION. "Em 7 de agosto deste ano, o Comitê do Interior e Assuntos Insulares arquivou uma solicitação escrita de documentos da WACKENHUT e ALYESKA em relação às alegações de que a WACKENHUT CORPORATION realizou espionagem encoberta sobre CHARLES HAMEL em benefício da ALYESKA e de suas companhias proprietárias.

Em cartas para a WACKENHUT e para a ALYESKA, eu expressei a preocupação de que a vigilância sobre Mr. HAMEL era com o propósito de obter informação e/ou interferir com as comunicações de Mr. HAMEL com este comitê. "CHARLES HAMEL tem sido uma fonte de informação para o Congresso, agências regulatórias federais e estaduais, e para a mídia, a respeito de violações ao meio ambiente, à saúde e à segurança, praticadas pela ALYESKA e suas proprietárias, as companhias de petróleo (que é , ARCO ou ATLANTIC RICHFIELD. - BRANTON). Mr. HAMEL tem servido como um condutor, inclusive para os empregados da ALYESKA, para fazer pública a informação sobre as práticas das indústrias petroleiras. Ao mesmo tempo, Mr. HAMEL tem pelo menos duas importantes disputas de negócios com ALYESKA e a EXXON... "Nos próximos dois dias, exploraremos a matéria ou se o uso da ALYESKA de um falso grupo ambiental formado por espiões da WACKENHUT foi um esforço para interromper e comprometer uma fonte de informação das práticas da indústria petroleira no Alasca... Em minha opinião, é importante descobrir porque muitos das maiores e mais poderosas corporações neste país se dedicariam a estas táticas elaboradas para invadir e destruir a privacidade de Mr. HAMEL, de funcionários federais e estaduais, meio ambientalistas e cidadãos comuns... "Acreditamos que o testemunho e a evidência apresentada nestas audiências durante os próximos dois dias mostrarão que a operação de espionagem encoberta envolve motivos muito mais sinistros e perturbadores que necessitam silenciar as críticas ambientais e intimidar os protestantes...."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vídeos

Loading...