Google+ Followers

Pesquisar neste blog

terça-feira, 18 de maio de 2010

Extraterrestre: 1º-Ministro Japonês e sua Esposa que já foi abduzida

.

Gosto duvidoso do primeiro-ministro vira assunto preferido no Japão
A responsável pela moda usada pelo primeiro-ministro é a mulher dele, que escolhe as roupas. Miyuki Hatoyama é famosa por ter uma imaginação sem limites.

"Veja o vídeo"




Nossa roupa diz muito sobre quem somos. Mas é possível que o estilo de se vestir influencie níveis de popularidade de um governante? No Japão, sim. Que o diga o primeiro-ministro, dono de um gosto para lá de duvidoso.

É fácil reconhecer o primeiro-ministro japonês na multidão. É quem está vestindo uma camisa que pouca gente teria coragem de usar. Durante a semana, Yukiu Hatoyama mantém o traje formal, mas no domingo - quando promove encontros com eleitores - abusa da criatividade. A cada fim de semana, um modelo diferente e mais colorido.

A responsável pela moda usada pelo primeiro-ministro é a mulher dele, que escolhe as roupas. Miyuki Hatoyama é famosa por ter uma imaginação sem limites.

Ela escreveu um livro contando como foi a experiência de ser sido abduzida por extraterrestres e ter sido levada até o planeta Vênus. Disse que conhece o ator Tom Cruise de outra encarnação. E, em uma entrevista, contou como ela e o marido se alimentam de luz. Deu detalhes.

Os japoneses não estranham a excentricidade dos políticos. Em um país com tantas regras e formalidades, isso é uma espécie de válvula de escape. O ex-primeiro-ministro, Junichiro Koizumi, um dos mais populares da história, gostava de imitar Elvis Presley e de ser chamado de “Richard Gere da Ásia”, devido à leve semelhança com ator americano.

O estilo do casal Hatoyama fazia sucesso quando ele começou a governar no ano passado. Mas o primeiro-ministro não está conseguindo cumprir as promessas de campanha de transformar o país, principalmente a economia, e a aprovação dele está em queda livre.

Um crítico de moda comparou as roupas com as ideias de Hatoyama. Disse que elas parecem ter saído dos anos 1980 ou 1990. E concluiu: o Japão não vai conseguir resolver seus problemas com alguém que tem uma filosofia e gostos tão antigos.

Os moradores de Tóquio estão acostumados a ver uma moda para lá de criativa. Por isso, não estranham. "É uma roupa alegre", disse um homem.

Mas alguns acham que não fica bem em um primeiro-ministro. “Ele ainda não mostrou resultados no governo. E a roupa também não é muito adequada".



Fonte: Globo.com
Edição do dia 14/05/2010
14/05/2010 08h03 - Atualizado em 14/05/2010 08h15

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vídeos

Loading...