Google+ Followers

Pesquisar neste blog

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Blecaute leva Rio-2016 e Copa do Mundo à mídia internacional

Jornais estrangeiros destacaram falha em Itaipu e lembraram que cidades afetadas serão sedes dos eventos
estadao.com.br

SÃO PAULO - O blecaute que atingiu nove Estados brasileiros na noite da terça-feira, 10, por conta de uma falha nos equipamentos da hidrelétrica de Itaipu foi assunto nos principais jornais internacionais e nas agências de notícias nesta quarta-feira, 10. O caos no trânsito e possíveis problemas durante a realização dos Jogos Olímpicos de 2016 e da Copa do Mundo de 2014 foram os principais pontos abordados pela imprensa estrangeira.

A agência francesa Reuters enviou reportagens em inglês a jornais de todo o mundo em dizendo que o apagão levou o Brasil ao caos. A reportagem lembrava que o Rio, que estava às escuras, sediaria a Copa do Mundo, em 2014, e as Olimpíadas, em 2016.

O jornal inglês Financial Times publicou que as ruas de São Paulo enfrentaram o caos após o apagão e que no Rio, "uma cidade turística que receberá os Jogos Olímpicos de 2016 e deve receber a final da Copa do Mundo de 2014", havia cenas semelhantes.

A primeira agência internacional a reportar o apagão, entretanto, foi a Associated Press. A notícia citava o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, esclarecendo que o problema não estava na geração de energia, mas sim na rede de distribuição da usina. O texto ainda apontava que, coincidentemente, o problema ocorreu três dias após o programa 60 Minutes, da rede CBS, mostrar uma reportagem dizendo que apagões no Brasil teriam sido causados por hackers.

O jornal americano The New York Times, que usou a Associated Press como fonte, publicou que "as duas maiores cidades do Brasil atingidas por apagão". A informação atribuía o ocorrido a "problemas não especificados na gigantesca Hidrelétrica de Itaipu".

Já o francês Le Monde publicou em seu site que "uma pane na usina hidrelétrica de Itaipu causou um blecaute sem precedentes e deixou cerca de 50 milhões de brasileiros sem luz". O diário citou ainda dados técnicos, como o de que o Brasil consome 90% da energia produzida pela usina, responsável pelo abastecimento de 20% do País.

No argentino Clarín, o título da notícia era "Apagão deixa metade do Brasil no escuro". O destaque do diário eram as cidades do Rio, de São Paulo e de Belo Horizonte, as três principais cotadas para sediar a abertura e a final da Copa do Mundo de 2014.

O apagão brasileiro era a notícia de maior destaque do site do jornal espanhol El País. Segundo a manchete, "milhões de pessoas estavam sem luz no Brasil". A edição online do diário mencionava também um falha na hidrelétrica de Itaipu e dizia que a falta de energia tinha prejudicado o Metrô de São Paulo e aeroportos.

O site da rede de TV americana CNN também noticiava o apagão entre seus destaques da noite de terça-feira. A reportagem dizia que o problema atingia pelo menos seis Estados brasileiros e mencionava ainda que as ruas do Rio estavam totalmente no escuro e formavam-se longas filas de carros pela cidade.

A rede britânica BBC News noticiou em seu site que o apagão ocorreu no horário em que milhões de pessoas assistiam à novela na TV. Em São Paulo, dizia a notícia do site, "semáforos e postes de luz não estavam funcionando e motoristas encostavam os carros na beira das estradas".



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vídeos

Loading...