Google+ Followers

Pesquisar neste blog

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Continuação da entrevista com Carlos Barrios, sábio e ancião maia


Continuando a entrevista...

sobre Carlos Barrios
Carlos Barrios nasceu numa família espanhola do altiplano na Guatemala. Mora em Huehuetenango, local da tribo Mam dos maias. Com outros maias e guardiães das tradições indígenas, os Mam guardam parte do antigo conhecimento na Ilha Turtle (Am. do Norte). Eles são os guardiãos do tempo, autoridades em calendários antigos, elegantes e relevantes.
- Barrios é um historiador, antropólogo e pesquisador. Depois de estudar com anciãos maias por 25 anos, desde a idade de 19, ele também se tornou um Ajq'ij, um sacerdote cerimonial e guia espiritual, de nome Eagle Clan, Anos atrás, com seu irmão Gerardo Barrios, Carlos iniciou uma pesquisa sobre os diversos calendários maias. Ele estudou com muitos professores. Com seu irmão entrevistou cerca de 600 anciãos maias, para ampliar sua base de conhecimento.
- "Antropólogos visitam templos", diz Barrios, "e lêem as inscrições e imaginam as histórias sobre os maias, mas eles não lêem os sinais corretamente. É pura imaginação. Outros escrevem profecias em nome dos maias. Eles dizem que o mundo vai terminar em dezembro de 2012. Os anciãos maias estão bravos com isso. O mundo não vai acabar. Ele será transformado."
fonte: http://astrology.about.com/od/2012/a/MayanElder.htm



entrevista com Carlos Barrios - terremotos parte 2
Esta é a continuação do resumo de uma entrevista feita com o ancião maia Carlos Barrios pelo jornalista Mitch Battrios, da Earth Changes Media. A primeira parte está lá no início do tópico.

Primeiro uma atualização sobre o assunto dos fortes terremotos. Carlos disse que a costa oeste dos EUA é uma área onde se pode esperar fortes terremotos, de acordo com a interpretação dos anciãos sobre a profecia maia. Numa conversa recente após nossa entrevista, áreas mais específicas foram mencionadas. Para este escritor não foi surpresa. As áreas mais suscetíveis para (forte ou mega) atividade são a Cascadia Subduction Zone que vai do norte da Califórnia através do Oregon e Washington e até a costa canadense do Alaska. A segunda área de maior perigo é o baixo México, América Central e o Caribe. Isso foi dito numa entrevista dois dias antes do terremoto 6.9 atingir o golfo da Califórnia.


A ciência moderna confirma a profecia
Uma dúzia de terremotos fortes (magnitude > 7.0) ocorreram no Caribe, perto de Porto Rico, nas Ilhas Virgens e na ilha de Hispaniola (Haiti e Rep. Dominicana) nos últimos 500 anos, e muitos geraram tsunamis. O mais recente de magnitude 8.1 foi em 1946 e resultou num tsunami que matou 1600 pessoas. Com cerca de 20 milhões de pessoas atualmente vivendo nessa região turística e um forte terremoto ocorrendo em média a cada 50 anos, os cientistas dizem que não é uma questão de se vai ocorrer, mas quando.

Carlos Barrios - o significado da profecia
Carlos lembrou-nos ao longo da entrevista que profecia não é para gerar medo, nem para definir nosso destino. Ela existe para ajudar-nos a melhor preparar para as oportunidades que existem e estão por vir. Os anciãos dizem que o avanço míope da tecnologia e da matéria nos leva a caminhos perigosos.

Carlos ressaltou o enorme poder que o ser humano tem, mas aqueles que estão no poder no 4. mundo criaram um ambiente de auto-desejo, ganância, materialismo, escapismo.
Nas minhas palavras (nota: do jornalista), ele está dizendo que nós somos simplesmente enganados ao tentarmos manter-nos no topo de nossos estilos de vida. Claro que precisamos comer, trabalhar, cuidar das necessidades dos filhos. Mas o modo como estamos estruturados (especificamente nos Estados Unidos) é mais para a "distração". Sem comunidade, sem espiritualidade, sem harmonia com a mãe Terra e com nossos vizinhos.

Nós perdemos o rumo ---- Carlos confidenciou um momento íntimo e me deu permissão para compartilhar: "Os anciãos estão agora tristes e cansados. Nós temos feito tudo o que podemos para compartilhar nossa sabedoria com muitos. Estamos cansados de explicar às pessoas o que está por vir e como nós temos o poder de mudar. Não é culpa dos maias, e de cada indivíduo. O tempo de conversar se foi, o tempo de adorar ou procurar um guru para salvá-lo, ou jogar com a espiritualidade como se fosse um jogo - contando vantagens sobre lugares que visitou ou com quem teve lições... meu professor é melhor do que o seu... esse tempo já se foi!

É chegada a hora de cada pessoa assumir responsabilidades por suas ações individuais. Os anciãos não estão aqui para salvá-los - VOCÊ ESTÁ AQUI PARA SALVAR-SE."


Carlos Barrios: sobre vírus e Barack Obama
(continuação)
Carlos Barrios fala que a profecia maia se refere a 7 vírus que sofreriam mutações e poderiam causar a morte de muitos. Ele fala que "isso pode ter início no fim do outono, mas não chegará totalmente até 2011" o que pode gerar um efeito danoso global.
"Mas tudo depende de nós. Nós podemos mudar o curso. Profecia é apenas um mapa. Nós podemos mudar as rotas que tomamos, o que pode mudar o destino."
A questão é: nós mudaremos? Carlos não tinha nada mais a dizer sobre isso.

Barack Obama:
Fiquei tenso quando Carlos começou a descrever a profecia dos livros sagrados 'Chilam Balam' sobre o 'líder do mundo atual'. Eu tinha me permitido apostar no Obama, com a esperança de que ele fosse realmente uma rocha de integridade, que ele fosse aquele (que nós aguardamos para o 5. mundo) para fazer realmente a diferença. Quando Carlos começou a me falar das profecias dos anciãos, eu pude sentir meu corpo ficar tenso de ansiedade. Medo de que ele nos diria que fomos iludidos, trapaceados, usados. Quando ele disse "nós anciãos acreditamos que ele tenha integridade", eu pude respirar e até mesmo sorrir, como que para dizer "você quer dizer que de fato há esperança, nós podemos mesmo mudar". Então Carlos completou: "Pode haver mudança, mas nós ainda não vemos isso. É o poder interior que está no caminho. Nós não podemos ver se o presidente Obama tomará o caminho da mudança. É muito cedo para falarmos isso".

Sumário do jornalista
(ao final da entrevista com Carlos Barrios)

"Gostaria de pensar que tudo está 'ainda em movimento'. Que nós podemos fazer a diferença. Que podemos mudar nosso futuro. Que não estamos condenados a um destino predeterminado. Podemos mudar o poder (energia) das mudanças terrestres que estão chegando. Justo quando nos encontramos num período de rápida escalação nos eventos de mudança da Terra, tais como terremotos, nós estamos simultaneamente com a habilidade de mudar-nos interiormente. Eu visualizo o signo de Libra, o signo da balança. Quanto mais direcionarmos nossa energia e habilidades para mudar nossas maneiras, menos energia será despejada sobre as mudanças planetárias. Quanto mais mudarmos, menos necessidade terá a mãe Terra de fazer sua limpeza. Se tivermos a firmeza de agir, diminuiremos a necessidade de sermos levados à força de volta ao equilíbrio. O poder de escolha é algo abençoado... vamos esperar que saibamos usá-lo."

Fonte: Earth Changes TV.


Postado na comunidade A PROFECIA MAIA - 2012
http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs.aspx?cmm=172058&tid=5366889784739348566&start=1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vídeos

Loading...