Google+ Followers

Pesquisar neste blog

sábado, 6 de junho de 2009

Carta urgente de um político norueguês à humanidade



Arquipélago de Svalbard, no extremo norte norueguês, serve de "backup" para sementes armazenadas em bancos genéticos de todo o mundo.

Sou um político norueguês.

Eu gostaria de dizer que vão acontecer coisas difíceis de 2008 até o ano 2012.

O Governo norueguês está construindo mais e mais bases e búnkers subterrâneos. Quando se lhe perguntou 'para quê', simplesmente responderam que é para “a proteção da população da Noruega”. Ao perguntar quando terminariam, a resposta foi “antes de 2011”. Israel também está fazendo o mesmo e muitos outros países também.

A prova de que o que estou dizendo a verdade está nas fotografias que enviei de mim mesmo e de todos os primeiros ministros e os políticos com os quais estou familiarizado. Eles sabem de tudo isto, mas não querem alarmar as pessoas ou criar pânico em massa.

O Planeta X (NIBIRU) vem, e a Noruega começou com o armazenamento de mantimentos e sementes na zona do Svalbard e no norte do Ártico com a ajuda dos EUA e a UE e ao redor da Noruega. Eles só salvarão aos que estão na elite do poder e aos que possam ajudar a construir algo de novo: médicos, cientistas, e assim sucessivamente.

Quanto a mim, já sei que irei antes de 2012 à zona de Mosja aonde temos uma instalação militar subterrânea profunda.

Ali estamos divididos em setores vermelho, azul e verde. As indicações já foram dadas aos militares noruegueses e os acampamentos já foram construídos há muito tempo. As pessoas que serão deixadas na superfície vão morrer na superfície e não receberão nenhuma ajuda. O plano é que dois milhões de noruegueses vão se salvar se e o resto morrerão. Isto significa que dois milhões e seiscentos mil perecerão na noite sem saber o que fazer.

Todos os setores e búnkers estão conectados por túneis e há vagões sobre trilhos que podem leva-lo de um búnker a outro. Isto é para que possam estar em contato entre eles. Há grandes portas que isolam os setores em caso de problemas.

Estou muito triste. Freqüentemente sofro porque sei que muitos se inteirarão disso tudo muito tarde e tudo terá acabado para eles. O governo esteve mentindo à população desde 1983 até agora. Todos os grandes políticos sabem isto na Noruega, mas são poucos os que têm falado às pessoas e ao público, porque têm medo também de perder seu trem “NOAH-12” que os levará aos refúgios em que se salvarão.

Se contarem a alguém, estão mortos... Mas não estou preocupado por mim. A humanidade deve sobreviver e as espécies devem sobreviver. As pessoas devem saber isto.

Todos os governos do mundo são conscientes disso e deveriam explicar ao povo o que vai acontecer. Para aquelas pessoas que possam salvar-se, só posso lhes dizer que procurem zonas altas, com cavernas ou grutas onde possam armazenar comida para ao menos cinco anos com comidas enlatadas e água para uma temporada. Trajes e remédios para a radiação são também aconselháveis se assim tiverem condições.

Tenho pedido que Deus ajude a todos, mas Deus não nos ajudará; sei. Cada qual deve procurar sua própria sobrevivência.

“Despertem, por favor

Eu poderia ter-lhes escrito usando outro nome, mas já não tenho medo de mais nada. Quando a gente sabe certas coisas, torna-se invencível e nenhum dano pode lhe acontecer quando sabe que o final está perto. Asseguro-lhes, cem por cento, que estas coisas vão acontecer. Restam quatro anos para preparar-se para o jogo final. Consigam armas, criem grupos de sobrevivência e procurem um lugar onde possam estar seguros, com mantimentos, durante um tempo.

Perguntem algo e lhe responderei tudo o que sei sobre o envolvimento da Noruega em tudo isto. Só olhe ao seu redor: estão construindo bases e búnkeres subterrâneos em todas as partes. Abram seus olhos. Pergunte aos governos o que é o que estão construindo, e eles dirão “Oh, é só para armazenar mantimentos”, e assim sucessivamente. Eles lhes cegarão com suas mentiras.

Ali também há sinais de presença alienígenas e freqüentemente vejo que a elite política da Noruega, não é o que dizem ser. É como se tivessem seus pensamentos controlados, e o que têm a dizer, dizem-no da forma que lhes mandaram. Para mim está claro quem é e quem não é. Pode-se vê-los olhando em seus olhos e em suas mentes.

Lembrem que os que vão estar nas cidades e seus arredores em 2012 serão os que vão ser golpeados primeiro e os primeiros a morrer. Mais tarde, o exército evacuará o restante dos sobreviventes e têm ordem de disparar para matar, se existir alguma resistência ao levá-los aos acampamentos, onde cada um será marcado com um número e uma etiqueta.

Também sei que Benazir Bhutto falou sobre isso em sua Web. Sua morte foi trágica. Conheci Benazir, como podem ver pelas fotos. Também poderão ver nas fotografias que me reuni com uma série de notáveis políticos e outros líderes mundiais.

O público não saberá o que está passando até o final, porque o governo não quer criar pânico em massa. Tudo acontecerá silenciosamente e o Governo desaparecerá. Mas lhe digo: não se resignem. Tomem precauções para salvar a sua família... Reúnam-se com outros. Trabalhem juntos para encontrar a maneira de resolver os múltiplos problemas que enfrentam.

Saudações

(Nome e documento de identidade fornecidos)

Na correspondência imediata posterior, e em resposta as nossas perguntas específicas, puderam acrescentar as seguintes elucidações da fonte, em nossas próprias palavras:

Estive em várias bases subterrâneas [número indicado]. Utilizamos os vagões para nos deslocar. Só umas poucas pessoas especiais foram selecionadas para conhecer tudo. Aqueles que se relacionam com a elite sabem isto.

Tenho provas de minha denúncia. Confio em minhas fontes, cem por cento, mas eles têm medo de dizer o que sabem. As pessoas têm medo por suas vidas, essa é a verdade. Quero que o público saiba o inferno que está vivendo. Não tenho medo à morte nem de qualquer outra coisa.

Todos os políticos da elite na Noruega sabem. Também sabem que se revelarem algo serão removidos de seus cargos e lhes será negado o acesso às diferentes bases subterrâneas quando tiver chegado a hora.

Os vagões ‘NOAH 12’ são vagões de transporte entre as diferentes bases subterrâneas. Têm um sistema de apoio de uma base a outra. São utilizados principalmente pelos militares e são eles os que controlam tudo. Há símbolos com forma de triângulo laranja em cada base e cada um dos controles é uma espécie de campo de energia pelo qual todo mundo tem que passar.

O futuro para meus filhos é tudo, e penso muito nisso para todas as crianças que crescem no novo mundo. Temos que ser uma exceção, por eles. Que eles cresçam sabendo o que fizeram seus pais por eles, como dar esta informação a pessoas como vocês. Em 2009, o governo do FRP entrará no poder e Siv Jensen será eleito Primeiro-ministro. Isto já se sabe. É importante entender isso. As eleições são uma farsa e as mesmas pessoas e elite do poder são escolhidos um a ou outra vez. Note a história política da Noruega e veja que são sempre os mesmos...

Por favor, compartilhe esta informação com o resto da Internet.

Quando chegar o momento a população sobreviverá graças à informação veiculada na rede.

Não vou conseguir nada, a não ser problemas, por publicar isto, e não tenho nenhuma necessidade de enganar a ninguém. Só o faço para denunciar o que acontece em meu país, e talvez algumas pessoas possam sobreviver ao que está por vir.

Saudações

(Nome fornecido)

Nota de Projeto Camelot:

Depois da publicação anterior, fizemos mais perguntas à nossa fonte, que respondeu com a intrigante informação a seguir.

Os parágrafos marcados com um asterisco (*) constituem informação complementar posterior, que necessitou que uma série de perguntas adicionais para elucidação.

Elucidações de outra correspondência: Quando estava no exército estive na [nome de serviço determinado e suprimido por segurança]. Em um momento nos deu a tarefa de transladar algo de uma base a outra.

Disseram-nos: “NÃO FAÇAM PERGUNTAS. SOMENTE FAÇAM SEU TRABALHO”. Mais tarde, quando aterrissamos na base, fomos levados por caminhões ao exterior da base onde havia umas enormes portas fortemente custodiadas por outros militares.

Ou eram ou pareciam militares, mas tinham uniformes diferentes. Trajes de cor laranja e negro: os de cor laranja tinham um triângulo de ouro e os de negro com um triângulo verde. Por isso posso recordar o triângulo estava para baixo, como uma pirâmide invertida e com alguns estranhos sinais dentro.

Pareceu-me a letra ‘E’, mas as linhas não estavam conectadas tal e como escrevemos a letra ‘E’. Tem a forma da ‘E’ e no centro a letra aponta para o interior.

Não é como em outras línguas que posso ler ou compreender, e certamente não é em norueguês.

Os símbolos estavam, na medida em que posso recordar, não nos braços, porque não os vi claramente. SEI que se encontravam no lado esquerdo do traje negro mais perto do peito e nas boinas que usavam.

Os sinais não eram grandes, mas sim de um tamanho regular, mas suficientemente claro para vê-los.

Passamos através das grandes portas. Estava pensando “que diabos é isto”, e me assustei um pouco a princípio. Parecia um filme de ficção científica.

Esta foi a primeira vez que estive nessa base.

Atravessamos um túnel de cerca de 500 metros de comprimento e encontramos com mais militares armados nos esperando para nos acompanhar. Uns foram por outro lado, e a mim e a meu grupo nos pediram que acompanhássemos os guardas de negro para nos levar a outro lugar. Quando chegamos ao nosso destino eles nos pediram que puséssemos máscaras “para nossa própria segurança”. Fiquei pensando em “nossa própria segurança”... Acaso não estávamos já protegidos pelo fato de estar dentro deste enorme complexo subterrâneo e com guardas armados?

Pediram-nos então para entrar em um vagão. É por isso que sei dos vagões.

Eles funcionam com algum tipo de energia de cristal, pelo menos assim parecia. Então nos sentamos no veículo e perguntamos a um dos guardas: “O que é isto?” Ele respondeu: “Não é necessário que saiba, senhor.”

No fronte, onde se encontrava o operador, havia uma caixa com uma janela a seu lado, e quando se acendia podia-se ver uma cor azul-púrpura que emitia a luz de uns grandes cristais. Não cegava, mas não deixávamos de olhá-la por sua beleza. Nunca vi tais cristais de luz ou energia em nenhuma parte. Estava pensando que devia ser a fonte de alimentação.

Mais tarde, na base, vi que algumas pessoas estavam trabalhando com esses cristais de cor azul-púrpura. Eram maiores que os que vi no vagão, tinham um metro de comprimento e se alinhavam um após o outro. Estavam usando um pouco de luz através deles. Eram púrpura-azul, e quando a luz entrava se tornavam mais azul e assumia uma tonalidade mais forte. As pessoas que os manipulavam usavam máscaras brancas e telas atrás dos cristais.

Estive a 20 metros deles e se apressaram rapidamente a nos dizer: “Movam-se”. Penso também que os campos de energia dos mostradores de verificação que passamos ao entrar funcionavam com estes cristais, porque tinham o mesmo tipo de luz, ou assim me pareceu. Se me lembrar de mais alguma coisa eu lhes contarei. Pude ver que havia uma espécie de sistema de tubo onde outro vagão podia ir à velocidade da luz. O vagão estava integrado no tubo.

O tubo era um pouco maior.

O carro principal ou lançadeira tinha 12 metros de comprimento e um símbolo no frontal e na parte traseira. Havia assentos para 10 pessoas junto com o operador. Você pode viajar a todas partes sempre para diante sem necessidade de dar a volta. A 'janela' do lado onde eu viajava foi tampada antes de eu entrar e aberta depois, mas a velocidade era muita e terminei doente depois da viagem.

Também havia espaço para levar carga, mas não muita. Havia muitos trens como este ao redor, e passavam como um raio. Mas não podia olhá-los, porque eram tão rápidos que deixava de olhar para não ficar enjoado quando passavam. Mais tarde, depois de entrar na política, inteirei-me do que havia dentro do resto da base e para que eram, como já lhes contei.

SEI que quando estes trens se movem, o fazem verdadeiramente rápido, não vi nunca nada parecido. Mais tarde, quando chegamos à estação final me senti doente, e as demais pessoas que estavam comigo também se sentiram igual... Um dos guardas disse que isso acontecia a todo mundo pela primeira vez.

Quando saímos nos deram óculos e nos pediram para passar por um controle de segurança.

Aqui é onde tudo se tornou muito estranho. Havia guardas armados por toda parte (recorde o que lhe disse a respeito dos campos da energia que tínhamos que passar). Pensei que não devia estar neste lugar e senti medo. Logo atravessamos este campo de energia e chegamos a um outro local.

Vi uma tela a um lado da parede que dizia: HUMANOS - NÃO HUMANOS - PUROS - NÃO PUROS.

Depois de ver isto me perguntei: Haverá muitos NÃO HUMANOS?

[Nota de Projeto Camelot:
estamos tratando de obter mais elucidações sobre isto]

Os guardas nos detiveram e nos pediram que trocássemos a roupa e fôssemos com eles. Quando o fizemos nos disseram que já era hora de ir um pouco mais abaixo. Uma vez mais me espantei em como era grande este lugar!

Simplesmente saímos por um túnel que se estendeu por quilômetros e quilômetros. E mais: fomos levados a um elevador, com assentos, que nos ia levar mais abaixo ou isto é o que eu pensava que ia fazer. Mas ele se deslocou de lado durante uns três minutos.

Neste lugar, não sabia que hora era porque não tinha como calculá-lo. Ficaram com todos nossos pertences na nossa apresentação. *

* No campo de energia de verificação havia uma tela, como mencionei antes. Havia um estranho idioma na tela. Nunca o tinha visto antes. Havia mensagens escritas debaixo como a “E” que lhe mencionei antes, mas o único que se podia entender era: HUMANOS - NÃO HUMANOS - PUROS - NÃO PUROS.

Tudo o que posso dizer é que quando fizemos nosso trabalho pensei que o mundo não é o que parece ser e que há muitas coisas que foram ocultas ao público. Isto me dá muita tristeza e me assusta.

Mais tarde, quando cheguei à política, comecei a indagar sobre tudo isso porque necessitava mais respostas. O que descobri foi que estas bases eram ‘Arcas’ para que o governo, algumas pessoas e militares pudessem sobreviver dentro. Havia uma ameaça proveniente de fora que chegaria no ano 2012 e que devido a isso esses locais foram construídos para que os poucos (os da elite) pudessem sobreviver.

O “Planeta X” é tudo o que soube até agora. O governo sabe e o mantém oculto do público. Estão rastreando este objeto há muito tempo e receberam os primeiros avisos através dos EUA.

Sei que existem 18 bases na Noruega. Não sei dos possíveis perigos existentes pois não sou um cientista.

Mas o que sei é que, antes de 2012, os "distintos" governos vão escapar para essas bases que estiveram construindo nos últimos 40 ou 50 anos. Se este objeto chegar, haverá um montão de problemas na superfície da Terra. Isso é tudo o que sei. Este é o motivo pelo que se esconderão clandestinamente.

Se por acaso isto acontecer, assegurem-se de ter o que necessitarem durante cinco anos ou mais, clandestinamente, para superá-lo. Quando souberem que a superfície é segura voltarão a construir. Nos disseram que temos que escapar antes de 2012 e que há algo no espaço que vai causar muita destruição.*

Não sei se existe uma ameaça por parte do Sol. Não entendo muito de ciência. Só estou lhes dizendo o que vi e nada mais. Posso dizer que já falei demais..., atualmente muitas pessoas estão sendo advertidas a respeito disto Não tenho nenhuma necessidade de fazer isto ou criar um pânico em massa... Só quero dizer ao público o que vem acontecendo e tenho feito o que posso de minha parte.

Há coisas neste mundo que o público não sabe. Uma coisa que posso dizer sobre tudo isto: Preparem-se e tenham fé em si mesmos. Não há ajuda por parte dos governos. Confie só em si.

Saudações
Nome fornecido

Comentário de Projeto Camelot:

Não há dados científicos sérios em nossa fonte da alerta. A informação não explica exatamente como ou por que o “Planeta X” (NIBIRU) é uma ameaça (embora possamos adivinhá-lo). Tampouco há informação específica sobre a data exata para ir aos subterrâneos. Nossa fonte está dizendo exatamente o que sabe, nada mais.

Henry Deacon (e isto também se informou amplamente por outros) nos disse que o telescópio do Pólo Sul foi construído para realizar um rastreamento do que Henry chama o “Segundo Sol”. Animamos aos leitores a fazer sua própria investigação.

Entre hoje e 2012 e mais à frente, muitas opiniões divergentes, muitas mensagens canalizadas, e muitas informações secretas serão reveladas e passarão a um primeiro plano de interesse.

O Projeto Camelot está trabalhando seriamente em um documentário que abrangerá as projeções de nosso futuro.

Por fim gostaríamos de dizer que é nossa sincera esperança, oração e pleno desejo de que os acontecimentos relatados não aconteçam.

Todos somos co-creadores de nosso mundo, em cada momento. Insistimos para que todos possam participar conscientemente na co-creação de um futuro luminoso e positivo para a humanidade, e trabalhar conosco no despertar do sono e em levar a luz da verdade a qualquer lugar que seja possível.

Fonte: http://projectcamelot.org/norway.html


recebi por e-mail da amiga Hipátia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vídeos

Loading...