Google+ Followers

Pesquisar neste blog

quinta-feira, 14 de maio de 2009

VADOMA

Recebi por e-mail de uma amiga... Hipátia...

Comentário dela:
Essa é brava, em? Falam em pés de avestruz, mas não seria de reptilianos???? Afinal, de acordo com Credo Mutwa, a incidência desses seres na Africa foi muito grande...
Paz
Hipátia


***************
Hipátia, concordo contigo...

***************************



Eu possuía essa reportagem da revista National Geographic ou Planeta, nos idos dos anos 90, mas, com algumas arrumações aqui em casa, meus parentes jogaram fora as minhas revistas e ainda me chamaram de “tralhento”. Confesso que fiquei muito puto da vida, porque essa revista era uma das minhas preferidas. Você já notou algo diferente na foto acima?


Os Vadoma ou Wadoma, conhecidos como o “povo avestruz”, vivem ao oeste de Zimbabwe, nos distritos de Urungwe e Sipolilo, no vale do rio Zambezi. Guarde bem essa informação, pois eu levei dois meses pesquisando na web, para reaver esse tema. Eu nunca desisto de um objetivo e meu esforço foi finalmente recompensado.


Para ficar mais interessante ainda, os Vaduma falam chikunda (português) e korekore.


O debate é se o formato dos pés origina-se de uma aberração ou adaptação. Pessoalmente, me inclino para a especiação, que é uma forma de adaptação. De todo modo, é inegável que se trata de uma mutação genética, mais precisamente a mutação do cromossomo número sete. Os membros da tribo possuem o formato de avestruz nos pés, com apenas dois dedos.


Essa mutação permite, por exemplo, uma melhor escalada de árvores, por parte dos nativos dessa tribo.


A verdade é que está saindo o maior zaralho entre os biólogos para explicar isso. A importância desse tema justamente reside na controvérsia Criacionismo x Seleção Natural. Quem você acha que está vencendo o debate?


Finalmente, deixo um link para o You Tube, afim de complementar a pesquisa.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vídeos

Loading...